Brasil

Terremoto atinge o Peru e é sentido no Brasil

Abalo teve magnitude 5,7 e epicentro a 13,5 km de profundidade, considerada muito próxima da superfície.

Um terremoto de magnitude 5,7 atingiu o oeste do Peru na noite deste sábado (9). O fenômeno foi registrado próximo à fronteira peruana com o Brasil e com a Bolívia. Moradores de Acre e Rondônia relataram ao g1 terem sentido o tremor. Até o momento, não há registro de danos a construções.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que monitora atividade sísmica no mundo inteiro, informa que esse tremor teve epicentro a 13,5 km de profundidade. Trata-se de uma distância da superfície considerada muito pequena, suficiente para amplificar os impactos do abalo.

Continua depois da Publicidade

Porém, como o epicentro está em uma área predominantemente de densa mata, na região da reserva de Madre de Diós e perto do Alto Purus, é improvável que maiores estragos tenham sido registrados.

Há exatamente uma semana, outro terremoto foi sentido na fronteira entre o Brasil e o Peru. Porém, a profundidade do epicentro era muito maior, o que minimizou e muito os possíveis impactos.

Localizado no Círculo de Fogo do Pacífico, região global de alta atividade sísmica gerada pelo encontro de placas tectônicas, o Peru está habituado a tremores. No entanto, o terremoto registrado nesta noite de sábado teve o epicentro no oeste do país, na região amazônica. Isso é relativamente longe da área onde eles costumam ocorrer, ou seja, mais perto do oceano.

Continua depois da Publicidade

Ao menos sete municípios no Acre sentiram o terremoto. Na capital, pessoas que estavam na Arena da Floresta para a final do Campeonato Acreano entre Rio Branco e Humaitá relataram que perceberam o tremor pouco antes do fim da partida.

Em Senador Guiomard, a auxiliar de farmácia Railine da Silva estava com a filha no momento em que sentiu a terra tremer.

Continua depois da Publicidade

“Estava sentada, conversando e de repente senti tremer. Foi uma sensação como se tivesse tonta. Depois olhei para o lado e estava balançando o varal. Foi bem rápido, coisa de segundos”, contou.

O motorista Silas Nascimento, de 33 anos, que mora na capital acreana, em Rio Branco, contou que estava sentado em casa com a esposa quando sentiu alguma coisa estranha.

Continua depois da Publicidade

“Estávamos no sofá vendo TV e eu senti uma pequena tontura. Minha esposa falou que tinha sentido um balanço aí depois de alguns segundos nos demos conta do que aconteceu, que foi um tremor de terras. Fiquei preocupado, pois estou fazendo uma obra em casa e fiquei com medo de ter abalado a obra, mas foi um tremor bem fraco e não aconteceu nada.”

A ginecologista Camila Amorim, que mora na capital, disse em suas redes sociais que ela, a família e alguns vizinhos desceram do prédio onde mora quando sentiram o tremor.

“Gente, acabou de ter um tremor aqui no meu prédio sacudiu o sofá, os lustres e aí eu desci com a galera.”

Fonte: G1