Brasil

Veja vídeo: Mulher com suspeita de varíola dos macacos relata sofrimento e mostra bolhas pelo corpo

A paciente trabalha num hotel e tem contato com estrangeiros.


Redação AM POST

Vídeo que circula nas redes sociais mostra uma paciente de Itaguaí (RJ), com suspeita de varíola dos macacos, reclamando de dores, febre e bolhas que surgem no corpo. A mulher —que não teve a sua identidade revelada— foi atendida no hospital da cidade e permanece em isolamento domiciliar, em monitoramento.

Continua depois da Publicidade

“Meu rosto está bem agressivo. Eu estou com muitas dores, muita febre, muitas dores de cabeça. E essas bolhas não param de doer”, disse a mulher.

Ela foi atendida no Hospital São Francisco Xavier e está em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de Itaguaí informou que a paciente trabalha num hotel, de uma outra cidade, e tem contato com estrangeiros. A mulher disse ter começado a sentir os primeiros sintomas no dia 14 de junho.

Continua depois da Publicidade

A paciente contou que está tomando dipirona e deocil para minimizar as dores. Profissionais de saúde foram à casa dela, na segunda-feira (20), para coletar material e enviar para análise no Instituto Oswaldo Cruz.

Continua depois da Publicidade

Como acontece a contaminação
As principais formas de transmissão da varíola dos macacos são por contato próximo, íntimo, com uma pessoa infectada e com lesões de pele. Pode ser por um abraço, beijo, relações sexuais ou secreções respiratórias.

A transmissão também pode ocorrer por contato com materiais contaminados, como roupas e roupas de cama que foram utilizadas pelo doente.

Autoridades de saúde dizem que apesar de a doença ter sido identificada pela primeira vez em macacos, o surto atual não tem relação com os animais.

Higienizar bem as mãos com água e sabão e usar álcool em gel são medidas que devem ser intensificadas, não só pela varíola dos macacos, mas também pela Covid.

O número de atendimentos de pessoas com síndrome gripal aumentou quase 60% nas emergências do estado, da primeira semana de maio, para a semana entre 6 e 12 de junho.