Pesquisar por em AM POST

Brasil

Vídeo: Suspeito de matar idoso com ‘voadora’ chora e pede desculpas em reconstituição do crime

Tiago Gomes de Souza foi alvo de hostilidades por parte da multidão que acompanhava a simulação.

  • Por AM POST

  • 14/06/2024 às 11:51

  • Leitura em dois minutos

Foto: Reprodução

Durante a reconstituição do crime ocorrido em Santos, São Paulo, Tiago Gomes de Souza, suspeito de matar o idoso Cesar Fine Torresi, de 77 anos, com um chute no peito, foi alvo de hostilidades por parte da multidão que acompanhava a simulação. Em um vídeo registrado no local, Tiago aparece chorando e até se ajoelhando para pedir desculpas.

O trágico incidente aconteceu enquanto Cesar atravessava a rua com seu neto de 11 anos. Tiago dirigia seu carro quando freou bruscamente em cima dos pedestres, levando o idoso a apoiar as mãos no capô do veículo. Foi então que Tiago saiu do carro e desferiu o golpe fatal no peito de Cesar.

PUBLICIDADE

Após a agressão, Cesar foi socorrido e levado a uma unidade hospitalar, onde foi intubado. No entanto, ele sofreu três paradas cardíacas e não resistiu.

A reconstituição do crime, realizada na quinta-feira (13), contou com a presença de Tiago, seu advogado Eugênio Malavasi, um promotor do Ministério Público, autoridades policiais e o filho da vítima, Bruno Cesar Fine Torresi.

Durante o procedimento, foram apresentadas três versões dos eventos: a do acusado, a do neto da vítima e a de uma testemunha, um médico que prestou os primeiros socorros a Cesar. Tiago alegou que foi tomado por um “ataque de fúria” após ser advertido pelo idoso por avançar com o carro e afirmou que sofre de transtornos psicológicos.

PUBLICIDADE

O inquérito do caso ainda está em andamento, com as autoridades aguardando laudos periciais e possíveis novas testemunhas. A defesa de Tiago planeja solicitar prisão domiciliar devido aos seus problemas psiquiátricos, destacando que ele é pai de três crianças.

PUBLICIDADE

Redação AM POST

O AM Post apoia a causa autista
blank

O Autismo traz limitações mas, isto não significa incapacidade. Todos temos alguma habilidade.

- Nay Potarcio

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank