Pesquisar por em AM POST

Caiu na rede é post!

Irmã de Cristiano Ronaldo critica imprensa e defende atos contra Lula no Brasil

Katia Aveiro também criticou Fábio Porchat após ele xingar Bolsonaro: ‘Deixei de seguir’.

  • Por AM POST

  • 05/11/2022 às 17:25

  • Leitura em três minutos

Redação AM POST*

A cantora portuguesa, Kátia Aveiro, irmã do jogador de futebol Cristiano Ronaldo, xingou Fábio Porchat e manifestou o seu apoio aos atos contra o presidente eleito, Lula (PT), em todo o Brasil após a derrota de Jair Bolsonaro (PL) nas eleições presidenciais.

PUBLICIDADE

Em stories publicados no Instagram, a empreendedora afirmou que deixou de seguir o apresentador e humorista após um vídeo em que ele aparece xingando Bolsonaro.

“Deixei de seguir. Já fui ao programa dele, e já eliminei o vídeo que tinha na minha página. Um triste, um doente. Esse é o retrato dos artistas no momento. O que esperar do país…”, escreveu ela.

Em outro vídeo, ela mostra imagens de bloqueio em rodovias pelo país e criticou as emissoras brasileiras. “O que as TVs não estão mostrando. Cobrindo a verdade, o Brasil está parado. E não é greve dos caminhoneiros, é o povo na rua, lutando pela liberdade e por um Brasil melhor”, disse.

PUBLICIDADE

Ela também disse que recebeu mensagens com ofensas por ela mostrar fotos e vídeos de bloqueios e manifestações em rodovias brasileiras. “Eu tenho opinião e sou livre de dar a minha. Moro no Brasil tem quase cinco anos. Minha filha é brasileira e meu marido também, pago impostos aqui, tenho funcionários brasileiros e tenho uma empresa aqui. Odeio injustiças e a verdade é que precisa ser falada”, contou.

“O Brasil está parado, o povo não está perdendo as forças. Isso eles falaram na TV, não é verdade. Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo estão paradas. O povo está na rua e não vai sair. Por um Brasil de verdade eu opino, e, se alguém vir aqui ofender, eu bloqueio. Este é o meu espaço e esta é minha visão que ando nas ruas”, destacou.

PUBLICIDADE

Horas depois, Kátia ainda postou uma notícia de suas manifestações na web e criticou. “Como distorcer uma notícia? Como fazer sensacionalismo? Como distorcer os fatos? É este o jornalismo atual vergonhoso. Nunca, em algum momento, eu me posicionei apoiando ou não sobre bloqueio de rodovias. Quem sou eu para tal… expus vídeos reais de manifestantes trabalhadores que lutam por uma causa… e sublinhei repugna [sic] sobre um dito artista (que utilizou baixaria e uma linguagem vergonhosa para se expressar) e com isso perdeu meu respeito. Não deve se importar com isso, óbvio, a mim tão pouco também. Não preciso desse tipo de gente na minha vida. Só gente de bem mesmo.”

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank