Coronavírus

Ações da prefeitura minimizam impacto da Ômicron em Manaus, afirma David Almeida

Entre elas a reestruturação das unidades de saúde, a campanha de vacinação e mais recentemente a abertura dos centros de testagem.


Redação AM POST

O prefeito David Almeida afirmou, nesta terça-feira, 18/1, que o cenário vivido por Manaus na terceira onda do aumento dos casos da Covid-19 é completamente diferente das anteriores, devido às respostas dadas pela Prefeitura de Manaus no combate à pandemia, entre elas a reestruturação das unidades de saúde, a campanha de vacinação e mais recentemente a abertura dos centros de testagem.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Almeida, em janeiro de 2021, mais de 2 mil pessoas foram sepultadas em Manaus, vítimas de Covid-19. Já nos primeiros 18 dias de 2022, os cemitérios locais registraram o sepultamento de 14 pessoas que morreram em razão do vírus.

“O motivo de não estarmos vivendo o mesmo momento adverso, tipo o holocausto do ano passado, é a vacina. Hoje Manaus tem uma das maiores taxas de vacinação do Brasil e nós já aplicamos 3,5 milhões de doses. Toda a nossa equipe tem trabalhado de forma incansável, para dar uma boa condição à população da cidade de Manaus. Vivemos em uma realidade diferente, e a prefeitura tem trabalhado diuturnamente”, destacou David Almeida, durante uma live realizada na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Entre as estratégias da Prefeitura de Manaus para o enfrentamento da Covid-19, estão: a abertura de mais de 50 pontos de vacinação, incluindo supermercados e shoppings; a contratação de mais 500 profissionais de saúde, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e outros, para que novos postos de atendimentos sejam disponibilizados, e a implantação de dois Centros Municipais de Testagem para Covid-19, em parceria com o governo do Amazonas, localizados no Centro de Convenções Vasco Vasques, zona Oeste, e no Studio 5 Centro de Convenções, zona Sul, ofertando assistência médica e farmacêutica, de segunda a sábado, das 9h às 19h.

Continua depois da Publicidade

“O quadro que nós encontramos quando assumimos a prefeitura não era bom, muitas unidades de saúde estavam fechadas e conseguimos contornar a situação com muita dedicação. Agradeço ao trabalho dos profissionais de saúde. Hoje Manaus vive dias melhores”, completou o prefeito.

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, destacou que 94% da população acima de 12 anos está com ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19, e 82% com o ciclo vacinal completo. A vacinação está aberta também ao público infantil desde a última segunda-feira, 17/1.

Continua depois da Publicidade

“Diante de todas as evidências que tivemos na nossa cidade em relação à melhora dos óbitos, nós continuamos aqui trabalhando firme e deixando sempre o apelo para que a população ouça o nosso chamado e vá completar o esquema vacinal. Agora nós já abrimos a vacinação das crianças, que é segura e foi testada e aprovada. O mundo inteiro já estava vacinando suas crianças, e desde o início da imunização não foi relatado nenhum efeito colateral em nenhuma criança. Nós temos toda uma estrutura para conseguir desempenhar com muita responsabilidade e amor as ações ao público infantil”, finalizou.

No primeiro dia de vacinação do público infantil, 232 crianças com comorbidades ou deficiência permanente (PcD) receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, na capital amazonense. A nova fase da campanha municipal contempla crianças de 5 a 11 anos.

Continua depois da Publicidade