Coronavírus

Carreta da Vacina Amazonas encerra primeiro dia com mais de 780 doses aplicadas contra Covid

Após o dia 23 de dezembro a Carreta irá percorrer os bairros da capital que apresentam baixa cobertura vacinal.

Redação AM POST

A Megavacinação contra a Covid-19 em todos os 62 municípios do Amazonas iniciou, nesta quarta-feira (08/12), com a abertura sendo realizada em Manaus, na Praça Heliodoro Balbi – Praça da Polícia, no Centro, com o lançamento da Carreta da Vacina Amazonas, unidade móvel de vacinação que ficará no local até o dia 23 deste mês. No primeiro dia de vacinação no posto itinerante foram aplicadas mais de 780 doses de vacina contra a Covid-19, entre 9h e 16h.

Continua depois da Publicidade

A Carreta da campanha Vacina Amazonas faz parte da nova estratégia do Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Manaus, de ofertar a vacina cada vez mais próximo da população. Após o dia 23 de dezembro a Carreta irá percorrer os bairros da capital que apresentam baixa cobertura vacinal. A Megavacinação, coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), também iniciou nos 61 municípios do interior do estado com a meta de aumentar a cobertura vacinal em até 20%.

“Até o dia 23 deste mês a carreta vai estar na Praça da Polícia. É um período estratégico de grande movimentação de pessoas no Centro, para fazer as compras de Natal e de Final de Ano. Nosso objetivo é levar a vacina contra a Covid-19 o mais próximo da população para aumentar a cobertura vacinal. No interior também traçamos estratégias importantes para oportunizar a vacinação. Não deixe de completar o seu esquema vacinal. A nossa arma contra a Covid-19 é a vacina. Vacine-se”, afirmou o secretário de Estado de Saúde do Amazonas, Dr. Anoar Samad.

A ação de vacinação tem o objetivo de incentivar a população a completar o esquema vacinal, seja com a segunda dose ou com a dose de reforço, e sensibilizar quem ainda não tomou nem a primeira dose do imunizante. A Megavacinação é uma parceria do Governo do Amazonas, Ministério da Saúde (MS), Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e prefeituras municipais.

Continua depois da Publicidade

Registro da vacinação– O Governo do Estado, também em parceria com o MS, vai desenvolver ações para qualificar e ampliar o registro da vacinação em 21 municípios do Amazonas, no período de 10 a 22 de dezembro.

Após levantamento realizado pelo Governo do Estado, foram identificados os municípios que têm o maior índice de ausência de registros de vacinação, ou seja, os que menos registram a aplicação das vacinas contra a Covid-19.

Continua depois da Publicidade

Os municípios são: Manaus, Parintins, Santo Antônio do Içá, Tapauá, Jutaí, Maués, Amaturá, Carauari, Iranduba, Apuí, Benjamin Constant, Manicoré, Nova Olinda do Norte, Itacoatiara, Fonte Boa, Borba, Maraã, São Paulo de Olivença, Manacapuru, Tabatinga e Presidente Figueiredo.

Outras estratégias – Equipes da SES-AM e da FVS-RCP vão se deslocar para os municípios de Autazes, Codajás, Iranduba, Manacapuru, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva e Tefé para auxiliar na intensificação da vacinação. O objetivo é alcançar os bolsões de pessoas não vacinadas suscetíveis ao coronavírus nas áreas rurais dos municípios.

Continua depois da Publicidade

Para esta ação, o Estado conta com um plano operacional feito por cada município para ser executado no prazo de 60 dias, com o apoio do Governo do Estado e do Ministério da Saúde.

De acordo com dados da SES-AM, 64% dos municípios do Amazonas possuem população rural maior do que a urbana, sendo necessário priorizar ações para alcançar estas pessoas.