Fiéis ignoram Covid-19 em culto evangélico e pastor diz que a igreja é “hospital do povo”

Vídeos e fotos compartilhados pelos próprios pastores igreja causaram revolta nas redes sociais.

Redação AM POST

Imagens de um culto evangélico divulgadas nas redes sociais causaram revolta por mostrar fiéis sem máscara, se abraçando e de mãos dadas em alguns dos registros. O caso aconteceu em em Praia Grande, no litoral de São Paulo, onde o uso de máscaras é obrigatório sob pena de multa de R$ 500.

Continua depois da Publicidade

O pastor Salvador, responsável pela igreja afirma que lá é “lugar de cura e milagre” e isso aconteceu em um momento específico da oração, mas que está respeitando as regras estabelecidas pelo município para prevenção da Covid-19.

Ainda segundo Salvador, no local, há álcool em gel disponibilizado aos fieis e também máscaras, em caso de necessidade. Ele também relata que o espaço é diariamente higienizado. “Vereadores já foram curados de câncer de próstata aqui. Aqui é basicamente um hospital do povo. Cuido de pessoas com lepra, câncer, de vários tipos de situação. Só que tem pessoas que não fazem a obra de Deus, e não querem que os outros façam”, disse ele ao G1.

*Com informações do G1

Continua depois da Publicidade