Coronavírus

Governo do Amazonas realiza testagens de Covid-19 para evento teste na Arena da Amazônia

Testes serão realizados 48h antes do evento e público será monitorado por 14 dias após o show.

Redação AM POST

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), realizará testes de detecção da Covid-19 para o público e, também, para as equipes de apoio e organização que irão participar do evento teste na Arena da Amazônia, na próxima sexta-feira (24/09). Quem participar do evento também será monitorado por 14 dias.

Continua depois da Publicidade

A iniciativa – que também tem apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) – será o primeiro evento teste com o público e marcará os primeiros passos para a retomada da cadeia produtiva da cultura, além de servir de base para estudos dos órgãos de controle em saúde sobre a realização de grandes eventos. A ocasião é considerada evento teste, levando em consideração a redução do número de internações e aceleração da vacinação no Amazonas contra Covid-19.

Em coletiva realizada nesta sexta-feira (17/09) pela Associação de Entretenimento do Estado do Amazonas (Asseeam), foi apresentada a estrutura do evento, que será realizado no anel sul da Arena, além de detalhes de como serão realizados os testes no local. Participaram da coletiva o gerente de Vigilância das Doenças Transmissíveis da FVS-RCP, Alexsandro Melo; o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz; o presidente da Asseeam, Gerson Sampaio; o presidente da Faar, Jorge Oliveira; e a diretora de Marketing da Fábrica de Eventos, Daiana Pereira.

Testagem
Só serão aceitos no evento quem estiver com as duas doses do imunizante contra Covid-19 ou apenas com a primeira dose (contanto que não esteja com a segunda dose atrasada). Para conferência do status vacinal, o público deve apresentar a carteira de vacinação física ou aplicativo Conecte SUS, do Ministério da Saúde. Só após a checagem do status vacinal serão realizados os testes, que ocorrerão nos dias 22 e 23 de setembro, das 18h até a meia-noite. No total, serão disponibilizados 3,5 mil testes, sendo 3 mil para o público do evento e 500 para a organização e apoio.

Continua depois da Publicidade

“Tanto o público quanto as demais equipes envolvidas no evento serão submetidos a um rígido protocolo sanitário que estamos adotando desde a Live Parintins 2021, passando pelas lives do Festival Folclórico do Amazonas e o Festival de Ciranda de Manacapuru, em que nós fazemos o monitoramento das pessoas que participaram por 14 dias, que compreende o período de incubação da doença, para que tenhamos certeza que não houve impacto no número de casos no estado”, declarou Alexsandro Melo.

Quem realizar o teste tipo RT-PCR ou antígeno em laboratórios particulares, em até 48h antes do evento, também poderá apresentar o teste na entrada do show, onde as equipes da FVS-RCP e SES-AM, também irão fazer a conferência do status vacinal.

Continua depois da Publicidade

Retomada do setor
O secretário Marcos Apolo Muniz afirmou que o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, manteve diálogo com a Asseeam desde o início da pandemia, assim como todos os outros setores da economia do estado, e que o evento teste é um importante passo para a retomada da economia da cadeia produtiva da cultura.

“Depois de realizar os eventos sem público em parceria com a FVS-RCP, que não tiveram impacto na doença no estado, vamos agora partir para o evento teste com público, compreendendo a importância da quantidade de empregos gerados nessa atividade, desde o momento da montagem até o dia em que é realizado, onde há seguranças, garçons, motoristas de aplicativos e outros estabelecimentos acionados por conta da ocasião. Além disso, o evento é realizado na Arena da Amazônia, que dispõe de diversas entradas e saídas para o público”, ressaltou.

Continua depois da Publicidade