Maternidade Ana Braga diz que recebeu menos vacinas do que foi prometido para a unidade

A direção da maternidade relatou que recebeu apenas 65 doses e tem 1500 servidores.

Redação AM POST

O Hospital e Maternidade Ana Braga, localizado no São José 2, Zona Leste de Manaus, divulgou nota de esclarecimento sobre o desfalque de 149 doses das vacinas contra a Covid-19 prometidas a unidade.

Continua depois da Publicidade

De acordo com comunicado assinado pela diretora da maternidade, Rosiene Bentes Lobo, das 214 doses prometidas para a maternidade, apenas 65 foram entregues.

Rosiene também ressalta que a quantidade entregue não atende nem a um terço dos funcionários da unidade hospitalar que somam cerca de 1500 servidores.

Por conta de denúncias sobre privilégios e distribuição suspeita, a prefeitura decidiu suspender a campanha de vacinação para que a mesma seja reformulada.

Continua depois da Publicidade

Privilegiados
Ontem também servidores da Maternidade Ana Braga se manifestaram nas redes sociais afirmando que funcionários que não são do grupo prioritário da unidade foram vacinados contra o novo coronavírus antes dos que trabalham na linha de frente da Covid-19.

A reportagem do AM POST procurou a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas (SES-AM) para apurar a denúncia mas não obteve resposta até o fechamento da matéria, no entanto, deixa aberto espaço para a unidade de saúde se manifestar.

Continua depois da Publicidade

Veja o cronograma de vacinação:

Leia nota na íntegra:

Continua depois da Publicidade