Coronavírus

Pesquisa do Ministério da Saúde para estimar impacto da Covid-19 na população é realizada em oito municípios do AM

A pesquisa consiste na coleta de amostras de sangue nas residências de famílias para realização de exame de sorologia.

Redação AM POST

Visando medir a prevalência da Covid-19 em toda a população brasileira, o Ministério da Saúde desenvolveu a pesquisa Prevcov, que está sendo realizada em oito municípios do Amazonas. A pesquisa consiste na coleta de amostras de sangue nas residências de famílias para realização de exame de sorologia para identificar anticorpos desenvolvidos após contágio pelo vírus.

Continua depois da Publicidade

A coleta está sendo realizada em todos os estados, principalmente nas capitais e nos municípios próximos. No Amazonas, além de Manaus, a pesquisa ocorre no Careiro da Várzea, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Novo Airão, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, com objetivo de realizar mais de 9,7 mil entrevistas e coletas até o final do mês de novembro.

O Departamento de Atenção Básica e Ações Estratégicas (Dabe), da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), pede às famílias selecionadas para participarem da pesquisa, que aceitem as visitas domiciliares dos profissionais de saúde contratados pelo laboratório Nobel, colaborando para a conclusão do trabalho de grande importância no enfrentamento da pandemia.

A coordenadora do Dabe da SES-AM, Viviana Almeida, explica que a participação popular é de grande relevância para compreensão do comportamento do vírus e que as pessoas não precisam ter receio, pois os profissionais estão identificados e suas credenciais podem ser conferidas no momento da visita.

Continua depois da Publicidade

“Pedimos que os moradores apoiem a pesquisa e aceitem participar, lembrando que os dados são sigilosos e os resultados são enviados por e-mail para os participantes. A equipe de campo está devidamente identificada e suas credenciais poderão ser consultadas no momento da visita. Estamos tendo muitas recusas, principalmente em Manaus, por medo da população ou talvez por desconhecer o projeto, e por isso pedimos que todos que possam ajudem na divulgação do Prevcov”, destacou.

Coleta e resultados – O trabalho de visita nas residências está sendo feito por profissionais da saúde do laboratório Nobel, contratada pelo Ministério da Saúde. As amostras de sangue coletadas serão examinadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e os resultados poderão ser consultados por cada participante da pesquisa.

Continua depois da Publicidade

O resultado do Prevcov vai permitir a geração de um mapa detalhado da transmissão e comportamento da Covid-19 no país, servindo de base para que sejam criadas e adotadas novas estratégias de prevenção e combate à doença.

Confidencialidade – O Ministério da Saúde também ressalta que os dados dos participantes não serão divulgados. Serão adotados todos os procedimentos de segurança da informação já utilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), visando a não identificação dos participantes e a confidencialidade de todos os dados coletados. Somente os dados analisados em conjunto serão divulgados, mas nunca com informações pessoais dos participantes.

Continua depois da Publicidade

Parceria – A Prevcov, além de ser realizada em parceria com a Fiocruz e IBGE, também conta com participação da Organização Panamericana da Saúde (Opas), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass).

FOTO: Divulgação/SES-AM

Informações para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM): Roseane Mota (99126-7364) e Geizyara Brandão (98237-0415).