Prefeito de Barreirinha pretende manter suspensão do Enem no município devido avanço da Covid-19

Ele afirma que fez uma consulta ao Ministério Público do Estado e à Defensoria Pública.

Redação AM POST*

O prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas (MDB), disse que pretende manter decreto que ele havia publicado na sexta-feira (19) suspendendo a aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), alegando o avanço da Covid-19 no município (distante 512 quilômetros de Manaus) que até o domingo (21), contabilizava um total de 1.924 casos confirmados da doença, e 47 mortes.

Continua depois da Publicidade

O decreto municipal suspendendo a aplicação das provas no município foi baseado, segundo o prefeito, em dados da Vigilância em Saúde do município.

“Por enquanto nós vamos manter o decreto. Fizemos uma consulta ao Ministério Público e à Defensoria, levando em consideração um parecer elaborado pelo nosso órgão de Vigilância em Saúde”, disse o prefeito.

Glenio Seixas afirma que fez uma consulta ao Ministério Público do Estado e à Defensoria Pública. O município espera resolver o problema até esta segunda-feira (22). No entanto, ele disse que, apesar de aguardar as respostas, é mais favorável para manter a suspensão do exame.

Continua depois da Publicidade

*Com informações do G1