Vítima da Covid-19, ex-apresentador do Boi Garantido, Paulinho Faria, é enterrado em Parintins

O velório foi aberto ao público.

Redação AM POST

Nesta terça-feira (23), o ex-apresentador do Boi Garantido, Paulinho Faria, 61 anos, que morreu ontem (22) em decorrência de complicações da Covid-19, foi velado e enterrado no município de Parintins (a 370 km de Manaus).

Continua depois da Publicidade

Uma grande carreata foi registrada na cidade, marcando a despedida de um dos maiores ídolos do boi-bumbá Garantido. O velório foi aberto ao público.

O Boi Caprichoso dançou em homenagem ao ex-apresentador quando o cortejo fúnebre passou em frente ao curral Zeca Xibelão, por volta das 12h. O azul e o vermelho se encontraram para fazer uma despedida épica a um dos maiores nomes da história do Festival Folclórico de Parintins, que faleceu em Manaus, vítima de complicações da Covid-19.

Pela primeira vez na história, o Boi Caprichoso entoou toadas do Boi Garantido, que foram interpretadas pelo apresentador do azul, Edmundo Oran, pelo tripa Marquinhos Azevedo, e pela levantadora de toadas, Paula Gomes. Paulinho Faria dedicou 26 anos de sua vida ao item de apresentador do Garantido.

Continua depois da Publicidade

Paulinho estava internado em Manaus com 75% do pulmão comprometido após ser transferido de um hospital de Parintins no dia 30 de janeiro.

O eterno ‘menino de ouro’, acumulou 24 vitórias no Festival Folclórico de Parintins durante 26 anos como apresentador do Garantido.

Continua depois da Publicidade