Desaparecidos

Família procura mulher que desapareceu após sair de casa em Manaus

Vivian Kátia Sá da Silva, que é professora, havia recebido R$ 12,6 mil do Fundeb.

Redação AM POST

A Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), solicita a colaboração da população na divulgação da imagem da professora Vivian Kátia Sá da Silva, 39, que está desaparecida desde a manhã desta segunda-feira (27/12), por volta das 7h, quando saiu de sua residência, localizada na avenida da Conquista 28, Conjunto Viver Melhor, bloco 206, bairro Lago Azul, zona norte de Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Deops na manhã desta terça-feira (28/12), às 10h59, Ivone Marques da Silva, 35, irmã da desaparecida, informou que, no dia do desaparecimento, Vivian saiu de casa sem informar o destino e, até então, não retornou.

A professora havia recebido R$ 12,6 mil referentes a duas cadeiras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), ela não dá mais notícias e o telefone segue desligado. Além disso, os familiares detectaram várias transferências de R$ 500 via PIX para as contas de vários homens.

A delegada Catarina Torres, titular da Deops, solicita a quem tiver informações sobre a localização de Vivian que entre em contato com a Deops, por meio do número (92) 3214-2269, ou pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

Continua depois da Publicidade

A Deops está situada nas dependências do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, zona centro-sul da cidade.