Detran

Mais de 50 motoristas são flagrados dirigindo embriagados em Manaus

Na ação, sete veículos foram removidos por infração à Lei Seca e um por estar sem placa.

Redação AM POST

A operação Lei Seca, realizada por agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), removeu sete veículos após os motoristas serem flagrados dirigindo alcoolizados. Ao todo, 54 motoristas foram pegos dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas durante a fiscalização realizada entre sábado (07/08) e a madrugada de domingo (08/08).

Continua depois da Publicidade

As ações ocorreram nos bairros Tarumã, na zona oeste, e Parque 10 de Novembro, na zona centro-sul. Além das sete remoções de veículos por infração da Lei Seca, um carro foi removido por estar sem placa.

As duas barreiras de fiscalização resultaram em um total de 84 autuações, por diversas irregularidades. De acordo com o coordenador geral do Neot, Victor Mansur, a medida tem como objetivo prevenir acidentes envolvendo motoristas sob efeito de álcool no trânsito.

“Por determinação do diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, estamos atuando em zonas estratégicas da cidade de Manaus. Ampliamos as fiscalizações nas ruas para tirar de circulação motoristas embriagados que podem ocasionar acidentes com vítimas”, destacou.

Continua depois da Publicidade

Lei Seca – De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a penalidade para quem dirige embriagado é de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Se o condutor cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

A Lei Seca não permite a direção de veículos sob efeito de qualquer quantidade de bebida alcoólica ingerida pelo condutor. Caso o índice seja de 0,34 mg/l, o motorista é preso em flagrante.

Continua depois da Publicidade

* Com informações da assessoria de imprensa