dontuseme

Aleam também terá corte de despesas, diz Josué

Anuncio foi feito logo após reunião de José Melo com secretários.


Após anuncio do governador José Melo (PROS) de novo de corte de gastos, no último sábado, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD), informou que o parlamento também enxugará despesas visando preparar a Casa para uma queda no repasse de recursos do Estado.

Josué Neto lembrou que o Poder Legislativo é copartícipe do orçamento estadual, pois recebe seu duodécimo constitucional, uma parcela dos recursos do Estado. Sendo assim, se o Estado registra queda na arrecadação, também o repasse deverá ser reduzindo, levando a Aleam a reforçar as ações de economia. A Assembleia Legislativa recebe mensalmente o repasse de R$ 3,6% da receita tributária liquida do governo estadual.

Continua depois da Publicidade

A meta, segundo ele, é enxugar o orçamento entre 10% e 20%, inclusive no valor dos contratos firmados pela Casa. Ele informou que desde 2013 a Aleam tem adotado ações de economia, inclusive evitando aumentar o valor da verba de gabinete dos deputados estaduais. Segundo ele, a Casa não aumentou o valor das verbas de gabinete, apesar de o Congresso Nacional ter promovido reajustes e autorizado as demais casas legislativas a fazer o mesmo, e também não reajustou a CEAP (Cota Para Exercício da Atividade Parlamentar), que mantém hoje os mesmos valores de 2014.