Amazonas

Pontes de madeira são construídas antes do avanço das águas

A ação preventiva desenvolvida pela Prefeitura, tem como objetivo diminuir os transtornos causados pela cheia.


Como forma de ação preventiva, a Prefeitura de Manaus está construindo passarelas de madeira em bairros que podem ser atingidos pela cheia. Nesse primeiro momento, 37 pontes irão receber obras de reforma e ajustes, sendo 11 delas de competência da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e as demais da Defesa Civil do Município.

As áreas foram mapeadas pelo Gabinete de Gestão Integrada do Município (GGIM) que reúne órgãos municipais e estaduais na Operação SOS Enchente.

Continua depois da Publicidade

As ações tiveram início há duas semanas e visam minimizar os transtornos causados pela cheia. No Beco Pescador, no Mauazinho uma ponte de 70 metros foi reformada, beneficiando 80 famílias que moram na localidade.

Até hoje o município utilizou recursos na ordem R$ 221.850,00 para aquisição de madeira e pregos. Além de contar com a doação de madeira apreendida pelas polícias Civil e Militar. As pontes construídas até agora foram na rua Ana Nogueira, beco São João Batista I, beco São João Batista II (Educandos) e rua 13 de Maio (Mauazinho).

Das pontes que serão erguidas pela Seminf, oito estão localizadas no bairro São Jorge nos becos Bragança I, II e III, localizados na rua da Cachoeira e Ambrósio Aires, respectivamente; becos Itapuranga I e II e beco Santa Cruz, na rua Humberto de Campos; rua Vicente Torre Reis e rua e beco 1º de maio. Além do bairro São Jorge, os bairros Raiz e Presidente Vargas também receberão obras nas pontes das ruas Cruzeiro, Daniel Sevalho e Boa Sorte (beco Beira Mar).

Continua depois da Publicidade

As pontes construídas pela Seminf terão tamanhos variados, dependendo da necessidade das áreas mapeadas. Na rua Ambrósio Aires, beco Bragança III, a passarela de madeira mede 15 metros. Já na rua Cachoeira, beco Bragança II, a passarela medirá 160 metros. Esta última já está em fase de construção. A largura padrão das passarelas é de 60 centímetros. Os trabalhos tiveram início na última quarta-feira, 15, e o prazo para a conclusão de todas as pontes é de 40 dias.

A Defesa Civil atua, ainda, na construção de uma ponte no beco Inocêncio de Araújo, Educandos, zona Sul. Para a área estão previstos 37 metros de passarela.

Continua depois da Publicidade