Amazonas tem crescimento industrial de 14,2% e sinaliza retomada da produção, afirma deputado Pablo

Isso significa que as indústrias da Zona Franca de Manaus estão superando os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus.

Redação AM POST

A produção industrial no Amazonas cresceu 14,2% em comparação com setembro de 2019. Isso significa que as indústrias da Zona Franca de Manaus estão superando os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus.

Os números que apontam a retomada da produção foram divulgados ontem (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que analisou a atividade industrial em todos dos Estados do País.

Continua depois da Publicidade

A retomada da produção foi comemorada pelo deputado federal Delegado Pablo (PSL), que compartilhou a notícia nas redes sociais. Segundo o parlamentar, o Amazonas está entre os líderes do crescimento industrial no País, superando outros Estados como São Paulo, Rio Grande do Sul e Bahia.

Pablo explica que o crescimento de 14,2% em comparação com setembro do ano passado mostra que o pior já passou, quando as fábricas da ZFM reduziram a produção, decretaram férias coletivas e demitiram funcionários.

“Tal crescimento permite que as famílias tenham suas rendas garantidas e que novas oportunidades de emprego sejam geradas em nosso Estado”, afirmou o deputado.

Continua depois da Publicidade

Segundo o IBGE, o crescimento da produção industrial no Amazonas foi puxado pelo setor de xarope de bebidas e pelas fábricas de motocicletas. Os dois setores investiram em exportações para fugir da queda no consumo no mercado interno.

Em comparação com os meses do pico da pandemia no Amazonas, entre abril e maio, a produção industrial da ZFM quase dobrou em setembro deste ano.

“O Amazonas foi um dos primeiros Estados atingidos pelo impacto da pandemia. Agora, somos um dos primeiros a retomar o crescimento econômico, servindo de exemplo para todo Brasil”, completou Pablo.

Continua depois da Publicidade

* Com informações da Assessoria de Imprensa