Educação

Após 11 anos, Escola Estadual no Coroado é revitalizada e ganha novos espaços

A Escola Estadual Cacilda Braule Pinto atende a 1.380 alunos, em três turnos.

Redação AM POST

Há 11 anos sem revitalização, a Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, no bairro Coroado, zona leste de Manaus, recebeu, neste ano, reparos e está com uma estrutura renovada para receber os 1.380 estudantes que frequentam a unidade nos três turnos, no Ensino Fundamental e na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Desde o início desta gestão, foram 69 escolas revitalizadas e outras 30 com reparos em andamento, somente na capital.

Continua depois da Publicidade

A gestora da escola, Rozimeire Cruz, diz que foram trocados todo o telhado da unidade e a fiação elétrica, que já não suportava a carga de energia demandada nos três turnos. Também foi construída uma nova cozinha, com espaços novos para armazenar alimentos e materiais de limpeza, e recebeu pintura em toda a estrutura.

“Temos três manipuladores de alimentos no turno da manhã e dois nos turnos vespertino e noturno e, agora, ficou muito melhor de trabalhar, de limpar a cada troca de turma que vem merendar. A escola precisava dessa revitalização, que foi quase uma reforma, de tão completa que foi”, diz a gestora.

Em Manaus, foram 69 escolas revitalizadas desde 2019, com unidades escolares sendo entregues tão logo os decretos governamentais permitiam o avanço dos trabalhos. Os reparos atendem demandas específicas de cada escola, como troca de fiação elétrica, pintura, substituição de louças sanitárias, condicionadores de ar e afins.

Continua depois da Publicidade

A Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Altair Severiano Nunes e as escolas Francisca de Paula de Jesus Isabel, Waldemiro Peres Lustoza, Osmar Pedrosa e Lenina Ferraro da Silva vão receber os reparos a partir deste segundo semestre. Juntas, as escolas somam R$ 26 milhões investidos em melhorias.

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade