Eleições 2022

Ciro indica que, se perder nas eleições deste ano, não tentará mais a Presidência da República

Essa é a quarta vez que o político disputa o cargo e nunca chegou ao segundo turno.


Redação AM POST

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, indicou nesta sexta-feira (29) que, se perder as eleições deste ano, não disputará mais o Palácio do Planalto e acrescentou que colocará “a viola no saco”.

Continua depois da Publicidade

Ciro Gomes deu a declaração ao fazer um discurso na Universidade de Brasília (UnB), onde participou de encontro organizado pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Ex-governador do Ceará, Ciro Gomes disputa a Presidência pela quarta vez (também concorreu em 1998, 2002 e 2018) e nunca chegou ao segundo turno.

“Nós temos que colocar em perspectiva que o Brasil precisa discutir finalmente, de forma inadiável, o modelo econômico. Esta é a razão pela qual eu, pela quarta vez, tento ser presidente do Brasil. Claro que, desta vez, chega. Porque, se eu não ganho agora, vou botar a viola no saco porque eu virei o bico falante, o chato, o destemperado”, declarou Ciro Gomes.

Continua depois da Publicidade

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta (28) mostrou Ciro em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto, atrás de Lula (PT), que aparece com 47%, e de Jair Bolsonaro (PL), com 29%.