Eleições 2022

Em crise, PDT pode ficar sem candidato ao Governo do Amazonas

Muitos filiados não estão convictos de que Carol Braz deva ser a candidata para enfrentar figuras como Amazonino Mendes, Eduardo Braga, Wilson Lima e Ricardo Nicolau.


Redação AM POST

Às vésperas das definições de candidaturas ao Governo do Amazonas, o PDT está descontente com os rumos da sigla no Estado. Muitos filiados, inclusive os mais antigos e históricos, não estão convictos de que a defensora pública Carol Braz deva ser a candidata para enfrentar figuras como Amazonino Mendes, Eduardo Braga, Wilson Lima e Ricardo Nicolau.

Continua depois da Publicidade

Alguns partidos chegaram a procurar Carol para que ela pudesse ser vice em outra chapa, mas ele não abre mão da candidatura, o que também é visto como ruim no cenário político, que precisa de ‘jogo de cintura’.

De acordo com o Portal i9, outra coisa que vem incomodando é o fato do atual esposo de Carol Braz, o jornalista Meike Farias, ser candidato na mesma chapa que ela. Os militantes temem que toda estrutura do partido seja posta para eleger Meike Farias.

Caso a confusão no PDT continue, a direção nacional do partido pode decidir, unilateralmente, retirar a candidatura de Carol Braz ao Governo do Amazonas.

Continua depois da Publicidade