Pesquisar por em AM POST

Eleições 2024

Anne Moura diz que não vai abrir mão de sua pré-candidatura à Prefeitura de Manaus após Marcelo Ramos ser indicado para vaga

A petista atribuiu a culpa pelo impasse ao diretório municipal do partido.

  • Por AM POST

  • 03/04/2024 às 19:50

  • Atualizado em 03/04/2024 às 19:53

  • Leitura em dois minutos

A secretária Nacional de Mulheres do PT, Anne Moura, afirmou nesta quarta-feira (03/04) que não vai abrir mão de sua pré-candidatura a Prefeitura de Manaus após anúncio de que o ex-deputado federal Marcelo Ramos foi indicado pelo presidente Lula para a vaga.

Anne Moura atribuiu a culpa pelo impasse ao diretório municipal do partido, acusando-o de obstruir sua indicação e gerar uma situação que forçou as lideranças nacionais a convidarem Marcelo para a disputa. Ela também ponderou ao dizer que Marcelo é bem-vindo mas terá que entrar na disputa interna que tinha seis postulantes a vaga.

PUBLICIDADE

Uma coisa eu deixei bem claro: eu não sou pré-candidata de mentirinha. O Marcelo Ramos pode vir [ao PT]. Ele é muito bem-vindo e como qualquer filiado do PT pode ser pré-candidato à Prefeitura de Manaus, já que tinham seis [pré-candidatos]. Agora vamos ter que dialogar. Tem regras dentro do PT”, disse Anne Moura em entrevista a Rede Onda Digital.

A petista destacou que não pretende entrar em rivalidade com Marcelo Ramos em relação à pré-candidatura, porém, enfatizou que exigirá o respeito ao processo legítimo estabelecido pela direção nacional para a escolha do candidato ideal para as eleições.

A única coisa que eu quero é que seja respeitada a metodologia que foi estabelecida. Então, hoje o PT de Manaus tem dois pré-candidatos: eu que saí da metodologia [pesquisa] do PT e o companheiro Marcelo Ramos, que se filiou ontem (02/04) pelo site a convite do presidente Lula e da presidente Gleisi”, completou Anne Moura.

PUBLICIDADE

O anúncio da pré-candidatura de Marcelo Ramos foi realizado ontem (2) e veio como uma reviravolta no cenário político do PT em Manaus, causando um turbilhão de reações e debates internos no partido. O convite feito pelo presidente Lula e pela presidente Gleisi Hoffmann para Ramos ingressar na disputa pelo PT reacendeu as discussões sobre as estratégias e diretrizes partidárias na capital amazonense.

A situação se torna ainda mais delicada diante da perspectiva de que a pré-candidatura de Anne Moura representava uma forte aposta do partido, chegando ela até a sair em pesquisas eleitorais.

PUBLICIDADE

Agora, o PT de Manaus se vê diante de um desafio crucial: conciliar as diferentes aspirações e interesses internos.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank