Pesquisar por em AM POST

Eleições 2024

‘Se os R$ 42 milhões gastos em tinta tivessem ido para a área social, as famílias de Manaus teriam sido assistidas por mais nove meses’, alertou o pré-candidato Roberto Cidade

A criação do Auxílio Municipal Permanente é o carro-chefe de propostas do pré-candidato.

  • Por AM POST

  • 19/06/2024 às 12:21

  • Atualizado em 19/06/2024 às 12:22

  • Leitura em cinco minutos

blank

Foto: Divulgação/Assessoria

O apoio à pré-candidatura de Roberto Cidade (UB) à Prefeitura de Manaus ganha mais força a cada nova reunião. Na noite desta terça-feira, 18/6, nos bairros Parque 10 e Aleixo, zona Centro-Sul, um grande número de pessoas demonstrou apoio à pré-campanha do deputado estadual.

À população, Cidade apresentou as prioridades de seu Plano de Governo e destacou que, se bem empregados, os R$ 40 milhões gastos com pintura em Manaus poderiam ter ajudado a matar a fome de muitas famílias por, pelo menos, nove meses.

PUBLICIDADE

“Temos que tirar o pincel da mão desse prefeito pintor e entregar para alguém que saiba administrar com responsabilidade e compromisso social. Tenho percorrido todas as zonas de Manaus e visto de perto o anseio da população. Ninguém aguenta mais tanta pintura e pouca entrega. Nossa primeira iniciativa, em janeiro de 2025, será enviar para Câmara Municipal de Manaus um projeto criando o Auxílio Municipal Permanente. Com ele, nós vamos ajudar a matar a fome de 50 mil famílias. Se os R$ 42 milhões que ele gastou com tinta tivessem ido para as pessoas, as famílias que recebiam auxílio naquela época poderiam ter sido assistidas por pelo menos nove meses”, argumentou.

No Plano de Governo do pré-candidato uma das três urgências é a criação do Auxílio Municipal Permanente, uma transferência de renda que irá beneficiar 50 mil famílias já no primeiro ano. Seguindo o modelo do Auxílio Estadual Permanente, o municipal também terá como titulares do benefício mulheres chefes de família.

Secretária estadual na época da implementação do Prato Cidadão, a deputada estadual Alessandra Campelo (Podemos) reforçou a importância dessa assistência social para as famílias que mais precisam e também cobrou a entrega de creches e aumento de vagas nas escolas municipais, para que as mães possam trabalhar fora de casa.

PUBLICIDADE

“A fome não espera e nós temos que auxiliar para que as famílias possam ter condições de ter uma qualidade de vida melhor. E a vida melhor passa pelo emprego, mas como as mulheres poderão sair para trabalhar se não tem creche para deixar seus filhos, se não tem vagas nas escolas municipais? O atual prefeito prometeu creches e não entregou. Prometeu aumentar o número de vagas nas escolas e não fez. As mulheres querem e precisam ter condições para sair e conquistar. O Roberto é um político, um homem comprometido com todas as questões que beneficiam as mulheres e não tenho dúvidas de que será um excelente gestor para elas também”, falou.

Outra mulher que testemunhou a atuação comprometida de Cidade em todas as causas em que foi demandado foi a deputada estadual Joana Darc (UB). “Estou ao lado do deputado Roberto Cidade porque vejo o trabalho dele na Assembleia Legislativa, sempre respeitoso e comprometido com as causas que levamos a ele. Assim é com a causa da mulher, da pessoa com deficiência, com a causa animal. Ele é um gestor que cumpre com a palavra, que não diminui nenhuma causa e, com certeza, será assim também na Prefeitura de Manaus”, declarou a deputada.

PUBLICIDADE

Tripé de prioridades

Além do Auxílio Municipal Permanente, são prioridades de Cidade a ampliação e o armamento da Guarda Municipal e a implementação de 12 Unidades de Pronto Atendimento (UPA), em todas as zonas da capital, ao longo de quatro anos.

PUBLICIDADE

“Manaus possui apenas 385 guardas municipais e esse efetivo não é nem de longe o suficiente para atender as demandas da nossa cidade. Vamos realizar concurso público, ampliar a guarda com mais mil agentes já no primeiro ano e armar todos os guardas municipais. Assim eles poderão auxiliar efetivamente na segurança das praças, prédios e logradouros públicos. Com o atual contingente isso é impossível”, destacou.

Sobre as 12 UPAs, o pré-candidato tem consciência da dificuldade, no entanto, sabe também que com planejamento e administração comprometida, o compromisso é viável.

“Nosso plano de governo é viável, não estamos prometendo, estamos nos comprometendo. Tenho consciência de que implementar as UPAs é um desafio, mas tenho coragem para assumir a atenção básica de Manaus como deve ser. O SUS hoje não envia os recursos para manter UPA porque aqui não tem. Fortaleza e Salvador, por exemplo, recebem. Manaus é também a única entre as 10 maiores capitais do país que não tem pronto-socorro municipal. Nós vamos ter UPAs em funcionamento 24 horas com médico, exames básicos e dispensação de medicamentos. Esse é um compromisso nosso pelo bem da população da nossa cidade, que não aguenta mais ter que ir de madrugada para a porta de UBS para conseguir ficha para uma consulta médica”, falou.

Redação AM POST

O AM Post apoia a causa autista
blank

Hoje aprendi que à manifestação de carinho mais sincera é o de uma criança com Autismo! Estes anjos, tem a felicidade de ser veraz, não afetando-se com o meio.

- Winaldario Santos

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank