Prefeito eleito de Canutama, no Amazonas, é denunciado por compra de votos

O adversário do prefeito contou com o apoio de uma parte da população, que realizou uma manifestação pelas principais ruas do município.

O candidato a prefeito de Canutama (a 620 km de Manaus), Zé Roberto (Pros), que perdeu a eleição de 2016, protocolou uma Ação de Investigação Judicial (AIJE), contra o candidato eleito Otaniel Lyra (PP), alegando uso da máquina pública no pleito municipal. Zé Roberto totalizou 49,95% (3.202 votos), perdendo a eleição para o candidato eleito, que totalizou 50,05% (3.209 votos), diferença de apenas sete votos.

Zé Roberto contou com o apoio de uma parte da população, que realizou uma manifestação pelas principais ruas do município, parando em frente ao Fórum e, logo em seguida, em frente à Câmara Municipal. Moradores portavam faixas com dizeres “Compras de voto é crime”, “Eleição comprada não é eleição ganhada”, “Queremos justiça”, e outros.

manifestacao-canutama2

Continua depois da Publicidade