Lobo em pele de cordeiro: David Almeida alterna estilo explosivo com cânticos e orações

Reportagem do UOL mostra que ele tem mais ligações com a “velha política” do que quer deixar transparecer.

Redação AM POST

O candidato David Almeida, que concorre à prefeitura de Manaus pelo Avante, embora tente esconder, é cria da velha política no Amazonas. É o que mostra matéria publicada nesta sexta-feira (27/11), no Portal de Notícias UOL. David se elegeu três vezes deputado estadual, diz a matéria, apoiado pelos “caciques” da política, no Amazonas.

Continua depois da Publicidade

A reportagem também cita que David Almeida foi líder do governador José Melo, cassado por corrupção na saúde, envolvido na Operação Maus Caminhos, da Polícia Federal. Na ocasião, por ser presidente da Assembleia Legislativa, David assumiu o governo em mandato tampão de quatro meses, tempo suficiente para também se envolver em escândalos na saúde e em outros áreas, inclusive com pagamento irregular de R$ 5 bilhões, que rendem investigações sobre a sua gestão, no Tribunal de Contas do Estado e na Procuradoria Geral da República.

Além disso, ainda que negue, a campanha de David Almeida para a prefeitura de Manaus tem o apoio velado do governador Wilson Lima, outro investigado por corrupção na saúde, apontado pela Polícia Federal e Ministério Público por superfaturamento em compra de respiradores, efetuada em loja de vinhos, durante o pico de pandemia de Covid-19 em Manaus.

“O discurso é de fim da ‘era dos caciques políticos’ no Amazonas. Mas o candidato David Almeida (Avante), ex-motorista do senador Eduardo Braga (MDB), tem mais ligações com a ‘velha política’ do que quer deixar transparecer”, diz a matéria do UOL. “Eleito três vezes como deputado estadual, a trajetória política de David Almeida se deu à sombra dos políticos que há quatro décadas se revezam no poder no estado”, completa.

Continua depois da Publicidade

“Neste ano, tentou negar o apoio não declarado do governador Wilson Lima (PSC), também investigado por desvios na saúde. Mas, no seu palanque, estão aliados de Lima. Seu candidato a vice é do DEM. O ex-deputado federal Pauderney Avelino, presidente estadual do partido, era secretário da gestão até o início da campanha”, explica a matéria.

A reportagem relata, ainda, que Almeida, quando se elegeu pela primeira vez, declarou não possuir bens. Nesta eleição, seu patrimônio soma R$ 857 mil, incluindo um imóvel na área residencial mais cara de Manaus, a Ponta Negra.

Continua depois da Publicidade

Lobo em pele de cordeiro
David Almeida disputa o segundo turno em Manaus com o candidato do PODEMOS, Amazonino Mendes. No primeiro turno, Amazonino obteve 24,31% dos votos e David ficou com 22,74%.

A matéria do UOL mostra, ainda, que David usa de discurso religioso e comportamento comedido na campanha, diante das câmeras, mas tem explosões de humor quando não está sendo filmado, como já aconteceu em várias ocasiões. Uma delas, mais recentemente, após o debate ocorrido na TV Norte Amazonas, na última quarta-feira (25/11). Já nos bastidores, ele chamou o adversário de “ladrão” e ameaçou de agressão física Marcos Martinelli, coordenador de comunicação da campanha de Amazonino. O áudio mostrando o destempero foi amplamente divulgado pela imprensa.

Continua depois da Publicidade

“Políticos como eu existem para combater políticos ladrões como você, rapaz. O povo não te aguenta mais”, disse Almeida ao adversário, sem imaginar que estava sendo gravado, relata a reportagem do UOL.

Ouvido pela reportagem, Marcelo Seráfico, doutor em ciências sociais da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), diz que David Almeida parece mais um dos personagens da política tradicional.