Registro de candidatura de Adail Filho é cassado pelo TRE-AM

Foi determinada uma nova eleição no município de Coari.

Redação AM POST

O prefeito eleito de Coari, Adail Filho (Progressista), teve o registro de candidatura cassado na manhã desta sexta-feira (18/12) por juízes eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). Conforme decisão, o presidente da Câmara Municipal vai assumir o comando da prefeitura até que uma nova eleição seja realizada na cidade no prazo de 20 a 40 dias.

Continua depois da Publicidade

Os magistrados decidiram unanimemente pela cassação de Adail Filho devido esse ser seu terceiro mandato consecutivo dentro do núcleo familiar. Participaram do julgamento os juízes eleitorais Marco Antônio Costa (relator), Márcio Cavalcante, Victor Liuzzi, Sabino Marques, Fabrício Marques, Giselle Pascarelli e Aristóteles Thury.

A ação foi movido pela Coligação Ficha Limpa para Coari, encabeçada por Robson Tiradentes (PSC), e pelo estudante de direito Raione Queiroz, que pediram contestação da decisão do juiz Fábio Alfaia, da 8ª Zona Eleitoral, que deferiu o registro de candidatura de Adail Filho no último dia 14 de novembro.

“O recorrido, ora prefeito eleito para um segundo mandato consecutivo, está inelegível, por configurar um terceiro mandato consecutivo do mesmo grupo familiar, uma vez que é filho do ex-prefeito Manoel Adail Amaral Pinheiro, que foi eleito para o mandato anterior de 2013 a 2016”, disse Marco Antônio Costa.

Continua depois da Publicidade

A diplomação do prefeito Adail Filho estava marcada para acontecer nesta sexta-feira mas foi suspensa pelo TRE-AM até que saísse o resultado do julgamento.