Reta final de campanha política em Manaus deve ser fiscalizada pela PF para monitorar suposto Caixa Dois

A ideia é monitorar arrecadadores e financiadores que injetam recursos não contabilizados nas campanhas

Redação AM POST

Após investigadores da Polícia Federal detectarem movimentações fortes de grupos envolvidos em irregularidades para injetar dinheiro em campanha política no segundo turno da eleição para prefeito de Manaus, o efetivo da PF foi reforçado na capital. A informação chegou nas duas coligações e está gerando apreensão.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Blog do Hiel Levy, a ideia é monitorar arrecadadores e financiadores que injetam recursos não contabilizados nas campanhas dos candidatos – o chamado Caixa Dois.

A medida foi tomada depois de desdobramentos das investigações que se sucederam a operações realizadas recentemente em Manaus.

Nos bastidores comenta-se que a campanha milionária do candidato David Almeida (Avante), recebe patrocínio do governador Wilson Lima (PSC), apontado como apoiador velado do político.

Continua depois da Publicidade

Leia mais: Wilker diz que campanha milionária de David Almeida tem patrocínio de Wilson Lima