“Votar em uma candidata do PCdoB acho que é o fim da picada”, diz Bolsonaro sobre Manuela D’Ávila

A comunista é ex-candidata a vice-presidente na chapa com Fernando Haddad (PT).

Redação AM POST

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aproveitou as redes sociais para atacar a candidatura em Porto Alegre de Manuela D’Ávila (PCdoB), ex-candidata a vice-presidente na chapa com Fernando Haddad (PT) em 2018 lidera todas as pesquisas e nas simulações também vence dos demais candidatos no segundo turno.

“Uma candidata do PCdoB está lá na frente? Pensa nas consequências. Vejam o que esse partido defende, os problemas que esse partido cria para a família tradicional brasileira”, disse o presidente. “É um apelo que eu faço para Porto Alegre. Não vou indicar ninguém, vocês são livres para votar. Agora, votar em uma candidata do PCdoB acho que é o fim da picada”, completou.

Continua depois da Publicidade

Na capital gaúcha, o candidato da base bolsonarista, João Derly (Republicanos), tem apenas 3% das intenções de voto.

Em sua live, Bolsonaro ainda defendeu outras candidaturas pelo país, nomes que já tinha falado em conversas com apoiadores que são veiculadas depois por canais bolsonaristas na internet. Entre eles, Ivan Sartori (PSD) em Santos, Coronel Menezes (Patriota), em Manaus, e Bruno Engler (PRTB), em Belo Horizonte. Nenhum deles tem qualquer chance de chegar ao segundo turno, de acordo com as pesquisas.

Abertamente ele apoiou os candidatos a prefeito Celso Russomanno (Republicanos), em São Paulo, e uma defesa mais tímida de voto em Marcelo Crivella (Republicanos), no Rio de Janeiro.

Continua depois da Publicidade

*Com informações da Reuters