Presidente da ALE vota a favor do decreto de reconhecimento à situação de Calamidade Pública de Manaus

O decreto precisava passar pela aprovação dos deputados estaduais.
26/03/2020 19h05 - Updated 26/03/2020 19h05

Photo: disclosure


Writing AM POST *

O projeto que dispõe sobre o decreto de Estado de Calamidade Pública em Manaus, solicitado pelo prefeito Arthur Neto, until the next day 31 December this year, por conta da pandemia de Coronavírus (Covid-19) recebeu voto favorável do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (hazard), Mr Joshua Neto, this Thursday (26).

A matéria nesse momento é no sentido de tentar contribuir com a nossa consciência de pessoas que estão trabalhando num colegiado de 24 MEPs, para que a gente possa sugerir e para que a gente possa fiscalizar”, said the parliamentary

Josué também votou a favor da emenda da deputada Alessandra Campêlo, que prevê a criação de uma comissão com cinco deputados para acompanhar os gastos públicos da Prefeitura de Manaus nesse período.

Nós vamos acompanhar o trabalho feito pela Prefeitura de Manaus entendendo que a Câmara Municipal de Manaus é quem realmente fiscaliza. O nosso poder está dentro do que prevê a LRF (Fiscal Responsibility Law), qualquer mudança do mérito do projeto eu sou contra. Os técnicos têm amplo conhecimento do que foi encaminhado a essa Casa e do que eles estão colocando de forma constitucional sobre qual a necessidade da Prefeitura Municipal de Manaus, em apresentar o decreto de calamidade pública”, President stressed.

A proposta foi enviada ao Parlamento pela Prefeitura de Manaus que justificou o pedido baseando-se nos reflexos sociais, econômicos e de saúde, ocasionados pelo quadro de pandemia do coronavírus.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use