• Alvo da Operação Sangria, governador Wilson Lima afirma que está tranquilo e quer fatos esclarecidos

    Ele disse que ficou surpreso com operação que apura desvio de recursos públicos destinados a atender as necessidades da pandemia de covid-19.
    30/06/2020 19h11 - Updated 30/06/2020 20h21

    Photo: disclosure


    Writing AM POST

    O governador Wilson Lima disse, nesta terça-feira (30/06), que é o principal interessado na apuração dos fatos relacionados à investigação objeto da operação da Polícia Federal que apura a atuação de uma organização criminosa instalada no governo do Amazonas com o objetivo de desviar recursos públicos destinados a atender as necessidades da pandemia de covid-19.

    “Hoje eu fui surpreendido com uma operação aqui em Manaus, quando estava em Brasília cumprindo uma agenda oficial. Apesar de surpreso, eu acho importante, para esclarecer esses fatos. E eu, enquanto governador, sou o principal interessado de que isso seja efetivamente apurado”, stated.

    “Durante o pico da pandemia, a minha determinação era para que se salvassem vidas, e aí havia necessidade de celeridade nos processos para aquisição de materiais para o combate ao coronavírus. E, em nenhum momento, houve qualquer determinação para prática ilegal, para corrupção ou qualquer coisa nesse sentido”, frisou.

    A subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, disse queos fatos ilícitos investigados têm sido praticados sob o comando e orientação do governador do estado do Amazonas o qual detém o domínio completo e final não apenas dos atos relativos à aquisição de respiradores para enfrentamento da pandemia, mas também de todas as demais ações governamentais relacionadas à questão”.

    See the video:

    Desde o início da pandemia, nós trabalhamos para salvar vidas. Em nenhum momento houve qualquer determinação minha para

    Posted by Wilson Lima onTuesday, June 30, 2020


    *** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate by enjoying our page on Facebook and frequently visiting the AM POST.


    Facebook

    economy

    Contact Terms of use