• Empresa responsável por carreta que tombou em avenida de Manaus será notificada a reparar danos causados

    O acidente causou danos ao patrimônio público.
    25/06/2020 08h49 - Updated 25/06/2020 17h42

    Photo: reproduction


    Writing AM POST

    A Prefeitura de Manaus informa que a empresa responsável pela carreta que tombou na manhã desta quarta-feira, 24/6, na avenida Efigênio Salles, zona Centro-Sul da cidade, será notificada a reparar os prejuízos causados, incluindo danos à via e ao passeio público.

    A notificação será feita via Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e acompanhada pela Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo da cidade, presidida pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, com envolvimento de várias secretarias municipais.

    “O município reconhece seu papel de responsável pelas melhorias da cidade e vem trabalhando, incansavelmente, para proporcionar isso à população, mas é preciso que todos os atores da sociedade também saibam suas responsabilidades. Nesse caso da carreta, que causou danos ao patrimônio público, vamos pedir à empresa esse reparo. Caso fosse o município que tivesse que recuperar os estragos, seria um recurso gasto que poderia ser usado em outra obra”, disse Elisabeth Valeiko.

    Agentes de trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) estão presentes no local, para orientar condutores sobre os desvios. O órgão informa que não há restrição de circulação para veículos pesados no trecho do tombamento, However, a circulação de carretas na via deve obedecer à sinalização implantada, com avisos de que o tráfego deve ser realizado, obrigatoriamente, na faixa direita da via. A fiscalização dos agentes na avenida Efigênio Salles, para verificar o cumprimento dessa conduta, é diária.

    A restrição de circulação de carretas determinada pela Prefeitura de Manaus ocorre nas seguintes áreas: trechos de 10 ruas do Centro e nas avenidas Constantino Nery, Djalma Batista, Mário Ypiranga Monteiro, Umberto Calderaro e Maceió.

    * With information from the Press Office


    *** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate by enjoying our page on Facebook and frequently visiting the AM POST.


    Facebook

    economy

    Contact Terms of use