• Igrejas católicas do AM devem retomar celebração de missas nesta quarta-feira

    Os templos deverão seguir algumas normas para evitar contágio do vírus.
    22/06/2020 18h11 - Updated 22/06/2020 20h09

    Photo: reproduction


    Writing AM POST

    A Arquidiocese de Manaus autorizou a partir desta quarta-feira, 24, no amazon, as igrejas católicas a retomarem a celebração presencial de missas que estavam suspensas devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os templos deverão seguir algumas normas para evitar contágio do vírus.

    O retorno é válido para Manaus e comunidades de cidades do interior do Amazonas como Careiro da Várzea, Brown Careiro, Manaquiri, Iranduba, New Airão, Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo, com seus distritos e ramais, comunidades rurais, ribeirinhas e indígenas.

    As orientações sugerem um processo gradual cuja validade se inicia no próximo dia 24 de junho e se estenderá até que o contexto nos permita novos avanços. Neste sentido, alguns protocolos devem ser seguidos:

    De 24 de junho a 4 July: abertura das igrejas para oração, prática devocional pessoal, sem concentração de pessoas.

    – In 28 de junho haverá celebração de Missa apenas com um número limitado de agentes de pastoral. Dias 4 e 5 de julho haverá o início das Missas e Celebrações da Palavra com o povo de Deus.

    Cada celebração que irá exigir cuidados de distanciamento e despedida dos participantes não deve ultrapassar 1 hora e 30 minutos com intervalos entre as celebrações para sanitização do ambiente devem ser de 5 hours.

    Para ter acesso às celebrações os fiéis devem estar utilizando máscara. As comunidades procurem dispor de máscaras de reserva. Para a higienização os fiéis terão acesso a álcool em gel 70% antes e depois das celebrações;

    Podem participar presencialmente das celebrações nas igrejas e capelas ou outros espaços celebrativos (centros comunitários), as pessoas que estejam fora do grupo de risco. Por enquanto, ainda não terão acesso as crianças até 12 anos e as pessoas idosas;

    Os fiéis impossibilitados da participação presencial aos domingos, considerem que as celebrações presenciais da semana valem como preceito dominical enquanto durar este período de pandemia. Recomenda-se inclusive, a participação nas celebrações ofertadas ao longo da semana, caso esta seja disponibilizada nas Paróquias/Área Missionárias, para que haja melhor possibilidade de acolher outros fiéis nas celebrações dominicais;

    As pessoas do grupo de risco, incluindo as pessoas idosas e as crianças (que já fizeram a primeira eucaristia), desde que gozem das condições de saúde e transporte para deslocamento, após participarem da Missa pelos meios oferecidos em suas casas (rádio, televisão e internet), em horário conveniente, poderão receber a comunhão de dentro dos carros no estacionamento das Paróquias/Área Missionária, se houver condições deste serviço ser oferecido pelas mesmas, mantendo os cuidados preventivos necessários da parte de quem irá distribuir a comunhão;

    A lotação máxima das igrejas, capelas e outros espaços celebrativos é de 30% da capacidade total. Nas igrejas e capelas com espaços celebrativos pequenos, sendo possível, recomenda-se que se realizem as celebrações fora do templo ou se busquem alternativas em outros espaços comunitários mais amplos e com condições de arejamento (associações de moradores, quadras esportivas, escolas, etc);

    Em lugar visível aos fiéis, serão afixadas as orientações preventivas necessárias para a participação nas celebrações;

    A Comunhão será distribuída exclusivamente nas mãos, devendo todos comungar na frente dos ministros. Evite-se comunhão nas duas espécies para o povo. Quem preside, eventuais concelebrantes e diáconos comungam do cálice por intinção;

    Os fiéis serão orientados a deixar o espaço celebrativo, segundo uma ordem. As primeiras pessoas a sair devem ser as que estão mais próximas da porta de saída, evitando, desta forma, que as pessoas se cruzem e se aglomerem;

    * With information from the Press Office


    *** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate by enjoying our page on Facebook and frequently visiting the AM POST.


    Facebook

    economy

    Contact Terms of use