• Malas com importados ilegais são apreendidas no aeroporto de Manaus

    Os passageiros não dispunham de documentos para comprovar a regular importação ou a nota fiscal de aquisição no comércio regular.
    26/06/2020 16h20 - Updated 26/06/2020 16h43

    Photo: disclosure


    Writing AM POST

    Servidores da Seção de Vigilância Aduaneira (Savig) da Alfândega da Receita Federal no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes (ALF/AEG) realizaram na tarde dessa quinta-feira (25) a operação de vigilância aduaneira em voos domésticos com destino a Manaus. Na fiscalização do voo procedente de Guarulhos, foram identificadas 7 malas, pertencentes a 2 passengers, contendo grande quantidade de produtos eletrônicos de origem estrangeira, em sua maioria displays para telefone celular. Esta constatação foi possível com a adoção de critérios de gerenciamento de risco e da utilização intensiva do escâner de bagagens.

    Os passageiros não dispunham de documentos para comprovar a regular importação ou a nota fiscal de aquisição no comércio regular. That is why, os produtos foram apreendidos em razão das evidências de se tratar de mercadorias estrangeiras introduzidas clandestinamente no país

    A prática identificada lesa os importadores que atuam legalmente e subtrai os empregos legítimos gerados pela atividade legal e os recursos que deixam de ser recolhidos aos cofres públicos

    O procedimentos fiscais terão andamento com a quantificação dos produtos, aferição do valor e formalização da apreensão. Num passo seguinte, haverá comunicação ao Ministério Público Federal pela prática, in theory, do crime de contrabando e descaminho.

    * With information from the Press Office


    *** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate by enjoying our page on Facebook and frequently visiting the AM POST.


    Facebook

    economy

    Contact Terms of use