• Pandemianão está nem perto de acabar”, diz diretor-geral da OMS

    O mundo atingiu os marcos sombrios de 10 milhões de infecções confirmadas e 500 thousand deaths.
    29/06/2020 13h07 - Updated 29/06/2020 13h08

    Photo: reproduction


    Reuters

    A pandemia de Covid-19 não está nem perto de terminar, disse o chefe da Organização Mundial da Saúde (WHO), Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

    Tedros observou que, seis meses após a China alertar a OMS pela primeira vez sobre uma nova infecção respiratória,

    “A maioria das pessoas permanece suscetível, o vírus ainda tem muito espaço para se movimentar”, he said.

    “Todos nós queremos que isso acabe. Todos queremos continuar com nossas vidas. Mas a dura realidade é que isso não está nem perto de acabar. Embora muitos países tenham feito algum progresso globalmente, a pandemia está na verdade acelerando”, added.

    O chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, disse que houve um tremendo progresso no sentido de encontrar uma vacina segura e eficaz para prevenir a infecção, mas alertou que ainda não há garantias de que o esforço será bem-sucedido.

    Enquanto isso, os países podem combater a propagação da doença testando, isolando casos confirmados e rastreando os contatos, disse Ryan. Ele destacou Japão, Coreia do Sul e Alemanha por suas “estratégias abrangentes e sustentadas” contra o vírus.

    A OMS planeja convocar uma reunião nesta semana para avaliar o progresso das pesquisas no combate à doença, added.


    *** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate by enjoying our page on Facebook and frequently visiting the AM POST.


    Facebook

    economy

    Contact Terms of use