“Es inaceptable que el Ministerio de Asuntos Exteriores que se utilizará para una campaña fuera de lugar”, dice Pauderney de telegramas enviados a embajadas

As mensagens alertavam sobre “um golpe político” no Brasil.
29/03/2016 14h21 - Actualizado 29/03/2016 14h24

foto: revelación


Após envio de telegramas desesperados do Governo para as embaixadas brasileiras no exterior alertando sobre “um golpe político no País”, o deputado federal e líder do DEM, Pauderney Avelino, publicado, en la mañana del martes (29), que apresentou um requerimento questionando o Itamaraty sobre essas mensagens.

parlamentario, que apoia o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), afirma que é inadmissível que o Itamaraty seja usado para uma campanha descabida.

“É inadmissível que o Itamaraty, um órgão de Estado, seja usado para uma campanha descabida como essa. Impeachment não se assemelha com golpe, sendo um dispositivo jurídico previsto na própria Constituição Federal. Además, foi o próprio STF quem determinou o rito do processo que está sendo discutido na Câmara. Siendo así, falar em golpe não tem o menor cabimento e mostra o desespero de um governo que se encaminha para o seu fim”, escribió.

Escribir AM Mensaje


*** Si usted está a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitar a menudo el AM Mensaje.


contacto Condiciones de uso