• Governador inaugura Viver Melhor III e anuncia projeto com mais 4 mil unidades habitacionais no AM

    O Residencial Viver Melhor III tem dois mil apartamentos e vai beneficiar cerca de 10 mil pessoas que possuem renda mensal de até R$ 1.600 reais.
    19/12/2016 18h36 - Actualizado 19/12/2016 18h36

    Foto: divulgar


    A casa própria chegou para duas mil famílias amazonenses nesta segunda-feira, 19 desde diciembre. Inaugurado pelo governador José Melo, o Residencial Viver Melhor III, no Monte das Oliveiras, Norte de Manaus, é o segundo conjunto habitacional com infraestrutura completa entregue pelo governo estadual este ano. O investimento foi de R$ 131, 9 milhões dentro do “Minha Casa, Minha Vida”. Ao lado do governador, o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou que o programa federal de habitação normalizou pagamentos e deve contratar 600 mil novas moradias em todo o país em 2017.

    O Residencial Viver Melhor III tem dois mil apartamentos e vai beneficiar cerca de 10 mil pessoas que possuem renda mensal de até R$ 1.600 reais. Desses dois mil apartamentos, 500 são adaptados para pessoas com deficiência. As adaptações nessas unidades foram custeadas a partir de recursos via Fundo de Promoção Social (FPS) que tem como presidente de honra a primeira dama do Estado, Edilene Gomes de Oliveira.

    O investimento total do Residencial é de R$ 131.971.900 millones, com contrapartida do Governo do Estado de R$ 7.971.900,00 millones, além do terreno de 170 mil m2.

    “Este ano, 2.546 famílias tiveram a alegria de sair do aluguel e de morar de favor ao ganharem os conjuntos habitacionais que entregamos. É uma enorme alegria poder dizer isso e anunciar que temos mais casas em construção e mais 4,8 mil títulos de terra para o primeiro semestre ao ano que vem. Acabei de falar com o Ministro e ele me assegurou que eu posso fazer o projeto para mais quatro mil novas residências”, comemorou o governador. O terreno para o novo conjunto já está reservado e fica na zona norte de Manaus, nas proximidades do Residencial Viver Melhor, segundo Melo.

    O governador chegou ao conjunto habitacional acompanhado da primeira dama do Estado, Edilene Gomes de Oliveira. O casal entregou as chaves no palco para novos moradores, como a dona de casa Roberta Richele Monteiro, 34. “É um momento de muita felicidade para mim e minha família. Hoje olho para esse lugar e vejo aqui o símbolo de um sonho que estou realizando”, disse a cadeirante, mãe de uma adolescente de 15 años.

    Além do Residencial Viver Melhor III, este ano o governo estadual inaugurou o Residencial Mestre Chico II, no bairro Praça 14, zona sul, através do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Outras 3,8 mil unidades estão em construção no interior do Estado, além de um conjunto habitacional, na capital, con 180 unidades destinadas a professores.

    “Não tem alegria maior que essa de proporcionar a casa própria a essas famílias que tanto sonharam. Tenho certeza de que este é um momento de extrema felicidade porque estão tirando um peso das costas. A casa própria é um sonho e hoje essas pessoas podem dizer: é herança dos meus filhos, é meu, e poder construir uma vida de mais dignidade aqui”, disse Melo.

    O Ministro das Cidades, Bruno Araújo, afirmou que no Amazonas os projetos habitacionais e de mobilidade urbana devem ser contemplados com o orçamento da pasta em 2017. Além do conjunto habitacional proposto pelo Governo do Estado, a expectativa é pela implementação de um corredor exclusivo de ônibus em Manaus, o BRT (Bus Rapid Transit).

    “O importante é que hoje no Brasil estamos construindo mais de 550 mil unidades habitacionais, sem dever um único real a uma empresa. Não só o principal, que é o sonho da casa própria, mas o planejamento firme das empresas que mantém emprego nesse grave momento de crise econômica”, disse Araújo, anunciando que 600 mil contratos devem ser assinados em todo o país ano que vem.

    Beneficiados
    Morando há mais de seis anos em um espaço cedido na casa da sogra, a manicure Ana Carolina Alencar Maciel, 25 años, foi beneficiada com um apartamento no Residencial e disse que está ansiosa para ir morar no local. “Esse é o melhor presente de Natal que ganhei em toda minha vida, poder dar um lugar digno aos meus filhos. Não consigo dormir direito pensando no dia de receber as chaves e realizar nossa mudança. Só tenho a agradecer a Deus por esse presente”, dijo.

    O auxiliar administrativo, Edilson Oliveira Maciel, 28, esposo de Ana Carolina, informou que o local que eles residem atualmente é muito pequeno e desconfortável. “Moramos em um pequeno quarto de apenas quatro metros quadrado, as crianças dormem em um colchão no chão que fica ao lado da nossa cama. Estou muito feliz em poder realizar o sonho da casa própria e poder oferecer uma qualidade de vida aos meus filhos”, declarou.

    A dona de casa Cecília Baraúna Rolim Farias, 40, que mora em um imóvel alugado há mais de oito anos, disse que terá uma festa de Natal bem diferente. “Precisamos fazer uma comemoração especial para agradecer a Deus por esse presente que ganhamos. O tempo vai passando e vamos ficando sem esperanças, mas finalmente meu dia chegou e fui contemplada. O dinheiro que pagava de aluguel vou pagar minha casa própria”, dijo.

    O esposo de Cecília, Raimundo Adalberto de Souza, 58, que é cadeirante, declarou que está muito feliz em poder receber um apartamento com todas as adaptações realizadas. “É muito bom poder chegar e morar em um local adaptado, onde posso me locomover em segurança. Estou muito feliz por essa conquista realizada por nossa família e agora vamos comemorar porque o momento é de felicidade para toda minha família”, dijo.

    Inaugura‹o Viver Melhor 3

    A seleção dos beneficiados foi feita pela Caixa Econômica Federal (CEF) a partir da análise do perfil de pessoas cadastradas no banco de dados da Suhab. Os perfis foram enviados e selecionados pela Caixa, conforme os requisitos definidos pelo Governo Federal na Portaria nº 412, de 06 de agosto de 2015, referente ao Manual de Instruções para Seleção de Beneficiários do “Programa Minha Casa Minha Vida”. As prestações vão variar de R$ 80 a R$ 250,00.

    Este é o terceiro empreendimento do programa “Minha Casa, Minha Vida” entregue no Amazonas. El gobierno de Amazonas, com apoio do Governo Federal, já fez a entrega dos Residenciais Viver Melhor 1 mi 2, en el barrio de Santa Etelvina. Das unidades que serão entregues nesse novo empreendimento, 500 serão destinadas às pessoas com deficiência (física, mental e sensorial), idosas e pessoas com doenças crônicas degenerativas, uma quantidade superior ao estabelecido por lei (3%).

    Estrutura
    O Residencial Viver Melhor 3 Tiene 125 blocos com 16 apartamentos cada, contendo 4 apartamentos por andar, medindo 42,66m2 cada, que serão devidamente constituídos por 15 condomínios.

    Equipamentos existentes
    O conjunto habitacional tem área de lazer completa com uma quadra esportiva; 2 campos de futebol society; 3 quadras de areia; 1 área para clube social e 17 playgrounds. Possui ainda 22 pontos de coleta de lixo e 14 prédios administrativos para atuação dos síndicos, además de 1 Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Conta ainda com uma área verde de 47 mil m2 e uma área de 3.837 m2 destinada para a construção de uma escola. O residencial vai contar com segurança terceirizada pelo Governo do Estado para impedir problemas de invasão até a entrega das unidades.

    Licitação
    Uma área de 3.778 m2 está destinada ao segmento comercial. Segundo a Suhab, o terreno só pode ser adquirido, em sua totalidade, por meio de uma licitação para a construção de centro comercial que atenda aos moradores do empreendimento. Ela não pode ser vendida na modalidade de lotes.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso