• Aliança pelo Brasil rebate iniciativa de esquerdistas contra o partido: “Começamos a incomodar”

    Partido do presidente da República disse que os esquerdistas ‘verão com quantos aliados se faz um partido’.
    16/01/2020 13H46 - Actualizado 17/01/2020 13h18

    Foto: reproducción


    Sala de prensa AM POST *

    O Aliança pelo Brasil, partido do presidente Jair Bolsonaro, rebateu a iniciativa das legendas esquerdistas PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB, que acionaram o Conselho Nacional de Justiça (Cnj) para suspender o apoio de cartórios de notas à filiação de membros à futura sigla do mandatário.

    O PT anunciou, ayer (15), que apresentará ao CNJ um pedido de providências para suspender, em todo o país, o que chama de “apoio ilegal” de Cartórios de Notas à filiação de membros do partido Aliança pelo Brasil, liderado pelo presidente da República. A solicitação é assinada em conjunto com presidentes dos quatro partidos mencionados.

    No Twitter, o partido de Bolsonaro disse que começou a incomodar e mandou recado para os esquerdistas: “Partidos autoritários querem ir contra a vontade do povo e tentam nos derrubar, mas verão com quantos aliados se faz um partido. Nossa Aliança é com você!".


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso