• Quinze pessoas de alta periculosidade são presas na Operação ‘Domínio da Lei’ em Manaus

    Mandantes de homicídios que estão ocorrendo na cidade foram detidos.
    15/01/2020 15H46 - Actualizado 16/01/2020 10h36

    Foto: divulgar


    Sala de prensa AM POST *

    Quinze pessoas de alta periculosidade foram presas durante a operação “Domínio da Lei”, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, este miercoles (15/01), em diversos bairros da capital amazonense. Com um efetivo de 500 policiais militares e civis, desde as primeiras horas da manhã, as prisões ocorreram em cumprimento a mandados de prisão relacionados ao crime de tráfico de drogas.

    Entre os presos está Francisco Gleison Jucá de Rocha, vulgo “Plenitude”, que, segundo a Polícia, é um dos mentores dos homicídios que estão ocorrendo na capital. Con él, foram apreendidos R$ 2.347 en especie, um HB20 e uma pistola 380. Ele foi preso num condomínio na Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

    Outra mandante de homicídios que estão ocorrendo na capital e líder do tráfico da invasão do Monte Horebe, Michelle Paes de Oliveira, também foi presa durante a operação. Na noite do último dia 7, a mulher estava envolvida num tiroteio que ocorreu em condomínio da zona norte. Com ela, quatro aparelhos celulares foram apreendidos.

    “Paralelamente a isso, ayer (14/01) la noche, a Polícia Militar, com um apoio da Secretaria de Segurança Pública, conseguiu prender uma quadrilha, que fazia roubos e furtos a residências”, disse o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates.

    As investigações da operação vinham acontecendo há cerca de três meses. “Um trabalho de inteligência com todo o Sistema de Segurança participando. A partir de agora vai ter outra etapa, que são as investigações diante do material que foi colhido e das informações também. A população pode contribuir por meio do 181, que é mais uma ferramenta nas nossas investigações”, destacou o delegado-geral Lázaro Ramos.

    Além da Polícia Militar e da Polícia Civil, a ação envolveu o Corpo de Bombeiros, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), servidores do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) e do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa).

    O Detran-AM fiscalizou mais de 500 veículos e emitiu 101 autos de infração durante as abordagens. As equipes do Núcleo Especializado em Operação de Trânsito (Neot) se concentraram em dois pontos fixos na zona norte da cidade.

    Durante as ações, 19 veículos foram recolhidos ao parqueamento do órgão pelas mais diversas irregularidades. Também foram recolhidas uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) mi 15 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV).

    Por determinação do governador Wilson Lima, as ações integradas continuarão sendo intensificadas. “Nós reduzimos o efetivo administrativo, que hoje reforça todas as noites, con 180 policiais militares, a operação que deflagramos ontem à noite, a operação Tentáculos. E vamos continuar com as demais ações na capital e no interior do estado”.

    *Con información de la Oficina de Prensa.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso