• En humaitá, garimpeiros fazem manifestação e pedem retorno do extrativismo mineral

    A mineração na região foi interrompida devido a operação de combate ao desmatamento.
    28/06/2020 10h41 - Actualizado 28/06/2020 15h16

    Foto: reproducción


    Escribiendo POST AM

    Um protesto foi realizado por garimpeiros no município de Humaitá (una 561 kilómetros de Manaus) en este sábado (27), pedindo a volta do extrativismo mineral, que foi interrompido devido as operações ‘Curuquetê 2’ e ‘Verde Brasil 2’, deflagradas para combater o desmatamento ilegal e as queimadas na Amazônia.

    Após a ‘Curuquetê 2’ licenças ambientais que legalizassem a extração foram cobradas dos trabalhadores, que não tinham a documentação e, por eso, os garimpos foram lacrados.

    O ato foi realizado com populares de motocicletas, bicicletas e ocorreu de forma isolada, já que o Conselho Nacional das Populações Extrativistas do Amazonas (CNS) não deu apoio. Policiais militares acompanharam o protesto que correu de forma pacífica.

    *Com informações da Revista Cenarium


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso