• Grupo de 28 pessoas é preso por recebimento irregular do Auxílio Emergencial em Manaus

    Os suspeitos terão que devolver o valor recebido e vão responder por falsidade ideológica e estelionato.
    29/06/2020 13h16 - Actualizado 29/06/2020 20h20

    Foto: reproducción


    Escribiendo POST AM

    Cerca de 28 pessoas foram presas na manhã segunda-feira (29), durante a Operação “Afronta ao Auxílio” em Manaus, que tem como objetivo inibir o recebimento irregular do pagamento do Auxílio Emergencial, benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais.

    A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) teve acesso a uma lista com 559 nomes da Controladoria Geral da União (CGU), sobre suspeitos que receberam o benefício de forma irregular. En este caso, várias pessoas com mandado de prisão em aberto estavam solicitando o auxílio e recebendo o pagamento.

    Essas pessoas que foram identificadas pedindo auxílio emergencial vão ter de devolver o valor. Elas não preenchiam o pré-requisito para receber o benefício. No momento em que eles se credenciam de forma falsa, eles estão cometendo o crime de estelionato. Quem tem mandado em aberto por crimes não podem receber o auxílio”, disse o secretário da SSP-AM, Louismar Bonates

    Os mandados da primeira fase da Operação foram cumpridos desde a última segunda-feira e está sob ordem da Secretaria Executiva de Inteligência da (SSP-AM), com a colaboração da Polícia Civil do Amazonas em Manaus.

    As pessoas que foram detidas, além de serem recolhidas para cumprir pena pelos delitos já cometidos, elas devem responder ainda por falsidade ideológica e estelionato.


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso