• Sara Winter sai de presídio com tornozeleira eletrônica

    Ela estava presa há 10 dias por ameaçar o ministro do STF, Alexandre de Moraes.
    24/06/2020 17h32 - Actualizado 24/06/2020 17h34

    Foto: reproducción


    Sala de prensa AM POST *

    A ativista, Sara Winter, deixou com tornozeleira eletrônica, na tarde desta quarta-feira (24/06), a Penitenciária Feminina, a Colmeia, no Distrito Federal, conforme confirmou o secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval de Matos.

    Ela estava presa há 10 dias por ameaçar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que determinou que ela use o equipamento de monitoramento eletrônico e não se aproxime do Congresso Nacional.

    Sara foi detida em desdobramentos da Operação Lumus, que investiga atos antidemocráticos.Ela não poderá fazer ligações ou encontrar-se com dezenas de pessoas investigadas no Inquérito das Fake News que corre no Supremo.

    *Com informações do Metrópoles<\h7>


    *** Si estás a favor de una prensa totalmente libre e imparcial, colaborar disfrutando de nuestra página en Facebook y visitando frecuentemente el AM POST.


    Facebook

    economía

    Contacto Terminos de uso