Famosos

Deputada denuncia Wesley Safadão por erotização infantil após vídeo com a filha de 8 anos

Para a parlamentar, a exposição da criança a uma letra com teor explícito fere o Estatuto da Criança e induz à pornografia e à prostituição.


Redação AM POST

A deputada federal Eliza Virgínia (PP) afirmou que denunciou Wesley Safadão ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) por erotizar sua filha, Ysis, de 8 anos. Em vídeo publicado nas redes sociais, a menina aparece dançando e cantando o novo single do pai, ‘Macetando’.

Continua depois da Publicidade

Diante da repercussão das imagens, a deputada entendeu que a exposição da criança a uma letra com teor explícito fere o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e induz à pornografia e à prostituição.

“É uma música obscena e depravada, que induz à sexualização e erotização das pessoas. É algo que deveria ser cantada para pessoas adultas e jamais para uma criança de 8 anos”, declarou Eliza Virgínia ao Correio Debate, programa da Rádio 98 FM, de João Pessoa.

“Ficamos horrorizados. Minha bandeira é lutar contra a exploração sexual e o abuso infantil. E, no vídeo, o Wesley Safadão canta e dança com a filha de oito anos uma letra de música que fala sobre sexo explícito. Ele faz apologia à pedofilia. As crianças assistem ao vídeo e querem dançar também. Às vezes os pais nem prestam atenção às letras das músicas. Hoje em dia, tem criança que não sabe ler nem escrever, mas já sabe falar sobre sexo. Isso não pode ficar assim. As crianças estão sendo erotizadas”, afirma.

Continua depois da Publicidade

Por meio de sua assessoria, Safadão disse que não foi notificado nem intimado e não irá comentar sobre o assunto.