Karol Conká diz que toda raiva contra ela deveria ser centrada em Bolsonaro

A cantora saiu do BBB21 com o maior número de rejeição da história do reality show.

Redação AM POST

A rapper, Karol Conká, disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo toda raiva contra ela deveria se centrar no presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A artista saiu do BBB21, da TV Globo, com o maior número de rejeição da história do reality show, por ter gerado muito ódio e indignação por parte do público.

Continua depois da Publicidade

“Isso merece o gasto de energia para ir às redes ou às ruas e protestar. Nossa raiva tinha que ser canalizada para isso. Então, estou de mão dada aí com todo mundo que é fora morte, fora Bolsonaro. Estou na torcida para que o milagre aconteça”, disparou a rapper.

Ela ainda contou que não tem orgulho em saber que suas falhas na atração renderam recordes de audiência. “Isso mostra o quanto as pessoas amam odiar. O mais difícil, segundo ela, é ceder a um público que clama por retratação. Quando o público vê uma celebridade se desculpar, responde que ela está mentindo. É como se eu tivesse cometido uma atrocidade”.

A artista finalizou contando que, ao sair do confinamento, fez um detox virtual de dois meses: “Pedi para a equipe trocar minhas senhas e apaguei os aplicativos do celular.”

Continua depois da Publicidade