Famosos

Suspeitas de irregularidades e mudança de local complicam show do Grupo Menos é Mais organizado por Uendel Pinheiro em Manaus

O evento está programado para a próxima segunda-feira (15/11).

Redação AM POST*

Um grande impasse permeia o evento intitulado “Do Nada Um Pagode com Uendel Pinheiro e Grupo Menos é Mais”, marcado para a próxima segunda-feira (15/11) e que seria realizado no Podium da Arena da Amazônia, em Manaus, mas de última hora deverá ser transferido para a área de concentração do Sambódromo.

Continua depois da Publicidade

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem do AM POST, foram constatadas diversas irregularidades no projeto, que vão desde a não previsão do cumprimento das normas estabelecidas para a realização de grandes eventos até a incapacidade do pretendido espaço não suportar as mais e 14 mil pessoas que já adquiriram seus ingressos.

Nas redes sociais está havendo uma forte manifestação do público contra mudança no local e fontes revelam suspeitas de irregularidades no evento.

“Este evento aconteceria na Roda de Samba do Uendel Pinheiro que fica na Avenida das Torres no ano de 2020 antes da pandemia, e ainda está sendo divulgado pelo cantor e pelo grupo Menos é Mais como sendo no Podium da Arena, agora foi vetado de ser realizado no campo da Arena, foi barrado de ser realizado na ferradura do Sambódromo pois teria que desmobilizar a vacinação de COVID-19 e hoje está sendo montado sua estrutura na área de concentração, porém, aquele espaço não comporta a quantidade de público desse evento e por medida de segurança física e sanitária, comenta-se que ele poder vir a ser indeferido a qualquer momento. Como vão colocar mais de 14mil pessoas dentro de um espaço que cabe no máximo 8mil? Tem coisa muito errada nisso aí”, disse uma fonte que pediu pra não ser identificada.

Continua depois da Publicidade

A reportagem procurou o cantor Uendel Pinheiro, que é produtor do evento e sócio da empresa NPS Entretenimento, e ele negou que o show tenha tido muitas mudanças de local, porém, revelou que não é oficial mas existe a possibilidade de que seja transferido para área da ferradura do Sambódromo, espaço que não comporta 8 mil pessoas, quantidade de ingressos que ele afirma já ter vendido até o momento.

Porém, a reportagem entrou em contato com um dos profissionais que vai trabalhar no evento e preferiu não se identificar e ele revelou que irá atuar na área de concentração do Sambódromo.

Continua depois da Publicidade

Segundo o decreto estadual N° 44.669, de 13 de outubro de 2021, está autorizada a realização de eventos com público inferior a 5 mil pessoas e limitado a 50% (cinquenta por cento) da capacidade de público do local, com apresentação de comprovante do esquema de imunização completo e que eventos com público acima de 5 mil pessoas deverão submeter o Plano de Trabalho do Evento à avaliação e aprovação prévia do Comitê Intersetorial de Combate e Enfretamento ao COVID-19.

Uendel Pinheiro também disse a reportagem que possui as liberações necessárias pra realização da festa e desconhece possibilidade de embargo do evento. Porém, questionado sobre o parecer do Plano de Trabalho do Evento ele disse que iria enviar reposta mas até o fechamento desta matéria não mandou. “A gente vai adotar os protocolos determinados no decreto governamental vigente”, declarou.

Continua depois da Publicidade

Fontes extra-oficiais da Fundação em Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-AM) relataram a reportagem que a equipe do evento não deu entrada no Plano de Trabalho.

O AM POST entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação em Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto para saber se eles tem conhecimento das irregularidades do evento mas até o fechamento desta matéria não houve resposta.