Durango Duarte debocha do título de cidadão do AM e diz que se Aleam não existisse “não faria a menor diferença”

Além disso o empresário fez críticas ao Governo do Estado e à Prefeitura de Manaus.

Redação AM POST

Durante entrevista, o empresário na área de Marketing e Comunicação, Durango Martins Duarte, debochou do Título de Cidadão do Amazonas, que recebeu em 2019 na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), após propositura do então presidente da Casa, Josué Neto, atualmente conselheiro do Tribunal de Conta do Amazonas (TCE-AM). Ele também criticou deputados e vereadores, fez críticas ao Governo do Estado e à Prefeitura de Manaus.

Continua depois da Publicidade

“O deputado, por conta da Constituição de 1988, não tem muita relevância. Ele propõe título de cidadão – eu já recebi esse negócio aí -. A Assembleia é uma instituição que se não existisse não faria a menor diferença para a população”, afirmou ele em deboche ao título que recebeu.

Mandatários
O empresário também criticou a gestão do governador Wilson Lima e afirma que dificilmente o mandatário será reeleito no ano que vem. “Assumiu com pouquíssima autonomia, porque ficou refém dos acordos e patrocinadores da campanha. Tem tentado sair dessa agenda, mas não sei se terá tempo hábil de se tornar competitivo até o ano que vem. Tem sido um governo de crises”, disse.

Além disso ele também afirmou que deputados estaduais seguram o processo de impeachment contra o governador porque têm medo de perder suas benesses. “Olhe bem para os deputados, olhe os gestos deles e faça a conta. Quantos cargos têm no governo? Quantas empresas têm no governo? Quais interesses no futuro, quais emendas têm no interior? Por isso, muitos deputados não enxergam motivos para pedir o impeachment do governador. Eles perderiam muito”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Durango também não poupou críticas ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando a gestão do chefe do executivo municipal de sem identidade.

“O David está atrás de um projeto. Ele ainda não tem. O Alfredo tinha o social levado a sério. Cada gestão tem uma marca, o David não tem. Acho que vai cair no social. Não vai para as obras porque a Prefeitura não tem recursos”, analisou.

Continua depois da Publicidade

Vereadores
Os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) também entraram na mira de ataques do guru da comunicação que disse que em breve quase todos estarão pedindo a benção de David Almeida. “Se contentam com meia dúzia de cargos”, disparou.

Portais e blogs
Ele também menosprezou o trabalho jornalístico de portais e blogs para quem é ‘persona non grata’. “já processei um monte e ganho dinheiro com isso”, disse.

Continua depois da Publicidade