Fatos e Versões

Eduardo Braga perde aliados políticos e sente instabilidade na candidatura ao governo Amazonas

Além de enfrentar uma barreira de rejeição muito forte entre os eleitores agora o senador vem perdendo aliados.


Redação AM POST

O senador Eduardo Braga (MDB) vem perdendo aliados meses antes da definição de sua candidatura ao governo do Amazonas, que devido a isso tem ficado cada vez mais frágil e instável.

Continua depois da Publicidade

Braga enfrenta uma barreira de rejeição muito forte entre os eleitores devido seu discurso sem novidades e sua imagem já desgastada, uma vez que teve o nome citado em investigações da Justiça Federal. Agora vem perdendo aliados como deputado estadual Fausto Júnior, o ex-prefeito de Coari Adail Filho (PP), o ex-vereador Gedeão Amorim e a deputada estadual licenciada Alessandra Campêlo que deve ser a próxima a abandonar o barco.

Em entrevista para um podcast local, Alessandra Campêlo revelou que recebeu convite de quatro partidos para se filiar e disputar as eleições deste ano, mas ponderou que “é leal com quem caminha”. A fala pode ser uma indireta para Braga, uma vez que se posicionou contra o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a quem Campêlo é aliada.

Fausto Jr deixou o MDB, de Eduardo Braga, e seguirá no Partido Liberal (PL) que agora é ninho bolsonarista. Gedeão Amorim também trocou o MDB pelo Avante do prefeito David Almeida depois de 12 anos no partido.

Continua depois da Publicidade

Já Adail Filho deve se filiar em breve ao União Brasil, partido de Wilson Lima.

O deputado federal Silas Câmara (Republicanos), pastor da Igreja Assembleia de Deus que tem atuação política fortíssima no Amazonas, também estaria estreitando lanços com o

Continua depois da Publicidade