Fatos e Versões

Herança do governo de Omar Aziz, Cidade Universitária só gerou gastos milionários aos cofres públicos do AM

Atualmente, para dar seguimento a obra deixada por Omar Aziz, o estado teria que gastar mais que o dobro do valor do projeto lançado em 2012.

Redação AM POST*

O governo do Estado do Amazonas já gastou quase R$ 100 milhões com a construção da Cidade Universitária, localizada no Município de Iranduba (a 25 km de Manaus), que é herança do ex-governador do Amazonas, atual senador Omar Aziz (PSD). O político anunciou a proposta em julho de 2012 e só gerou gastos milionários aos cofres públicos do Estado.

Continua depois da Publicidade

Segundo o então governador, na época, o espaço, com localização em Iranduba, deveria ter sua primeira etapa inaugurada no primeiro semestre de 2014, em um espaço de 13 milhões de metros quadrados. A promessa era que o local teria ainda casas residenciais, comércio, serviços públicos, eixos viários, áreas de lazer e de turismo, entre outros elementos próprios de uma cidade, porém tudo não passou de propaganda enganosa.

Em 2014 apenas 20% da construção foi executada e atualmente o que se encontra, no local, é uma obra totalmente paralisada e que representa o descaso da administração Omar Aziz com os recursos públicos.

No primeiro semestre de 2014 estava prevista a inauguração da construção da Reitoria e dos prédios de Ciências da Saúde, Ciências Sociais e de Tecnologia, o que não ocorreu.

Continua depois da Publicidade

Foram projetados investimentos iniciais na época de R$ 300 milhões. Atualmente, para dar seguimento a obra deixada por Omar Aziz, o estado teria que gastar mais que o dobro do valor do projeto lançado em 2012.

Hoje em dia o que se vê no local é uma série de edificações inacabadas, que, pouco a pouco, sofrem com desgaste do tempo sob sol e chuva, que apresentam infiltrações nos pavimentos dos prédios. Com serviços paralisados, os pilares construídos têm sido usados como abrigo por urubus.

Continua depois da Publicidade