Fatos e Versões

Hissa diz que Amazonino saiu do PDT por ‘sua forma antiquada de fazer política’

Ao anunciar sua saída do PDT, Amazonino Mendes falou sobre difícil convivência com a presidência regional do partido.


Redação AM POST*

O presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Hissa Abrahão, disse que forma antiquada de fazer política e “ideias bolsonaristas” fez o ex-governador do Amazonas, Amazonino Mendes (sem partido), sair da legenda comandada por ele. A informação é do Portal A Crítica.

Continua depois da Publicidade

Em nota publicada ontem (16) em suas redes sociais, Amazonino anunciou sua saída do PDT e disse que a atitude se deve a visível difícil convivência com a presidência regional do partido.

De acordo com Hissa a militância da sigla não se dava bem com as posições reacionárias do ex-governador e isso o fez querer procurar uma nova legenda.

Casa Nova
Segundo o deputado estadual, Dermilson Chagas (PP), que já foi líder do governo Amazonino na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o nome do ex-governador está sendo cotado para ingressar no Partido Progressista (PP).

Continua depois da Publicidade

O parlamentar afirmou que uma equipe de deputados do partido está articulando junto ao diretório nacional do PP a aceitação de Amazonino na sigla.

“Sim. Estamos sim (cotando o nome de Amazonino). Ele é uma pessoa que tem história e referência, além de ter disposição. Precisamos de uma pessoa com vigor mental”, disse.

Continua depois da Publicidade

*Com informações do Portal A Crítica