Lideres indígenas protestam no STJ contra gestão de Wilson Lima

Um deles se acorrentou a um poste no gramado do Supremo Tribunal.

Redação AM POST

O líder indígena, Francisco Mura, se acorrentou a um poste no gramado do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília para protestar contra a gestão do governador do Amazonas Wilson Lima (PSC). Ele estava acompanhando da também líder indígena, Mirtes Kokama.

A manifestação iniciada na última quarta-feira (18) foi mostrada em live no Facebook. “Pedimos ao STJ que nos ajude. Que o governador preste conta de tudo que está acontecendo no nosso Estado”, disse Francisco que também alertou que os manauaras e indígenas estão morrendo “pelo sistema de saúde do Amazonas que está um lixo”.

Continua depois da Publicidade

Wilson Lima e seu vice Carlos Almeida são alvos da Operação Sangria, deflagrada pela Polícia Federal (PF) e que apura um esquema de corrupção na compra superfaturada de 28 respiradores pulmonares feita pelo Governo do Amazonas em uma loja de vinhos, durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), no Estado.