Pesquisar por em AM POST

Guerra no Oriente Médio

Estrangeiros e palestinos feridos são autorizados a sair de Gaza

As negociações para a saída de Gaza estão em andamento entre Egito, Israel e Catar, que atuou como mediador com o Hamas.

  • Estadão Conteúdo

  • 01/11/2023 às 19:54

  • Atualizado em 01/11/2023 às 20:08

  • Leitura em 1 minuto

blank

Foto: REUTERS/Arafat Barbakh

Guerra em Israel – As forças terrestres de Israel avançaram em direção aos “portões de GAza”, informaram as forças militares na quarta-feira, 1º, enquanto muitos estrangeiros e palestinos gravemente feridos foram autorizados a sair de Gaza após mais de três semanas sob cerco.

As primeiras pessoas a sair de Gaza, juntamente com quatro reféns libertados pelo Hamas e outro resgatado pelas forças israelenses, atravessaram a fronteira com o Egito, à medida que os bombardeios forçavam centenas de milhares de pessoas a deixarem suas casas e os suprimentos básicos se tornavam escassos.

PUBLICIDADE

Veja mais matérias sobre a guerra em Israel.

O Departamento de Estado dos EUA anunciou que alguns cidadãos americanos estavam entre os que deixaram Gaza, sem fornecer mais detalhes. Espera-se que mais americanos e outros estrangeiros deixem Gaza nos próximos dias. As negociações estão em andamento entre Egito, Israel e Catar, que atuou como mediador com o Hamas.

Fortes ataques aéreos demoliram prédios de apartamentos pelo segundo dia consecutivo no densamente povoado campo de refugiados de Jabaliya, perto da cidade de Gaza. A televisão Al Jazeera mostrou pessoas feridas, incluindo crianças, sendo levadas a um hospital.

Estadão Conteúdo

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista
blank

O Autismo traz limitações mas, isto não significa incapacidade. Todos temos alguma habilidade.

- Nay Potarcio

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank