Justiça

Cancelamento de show de Wesley Safadão é determinado pela Justiça

O cantor receberia R$ 600 mil pela participação em evento junino.


Redação AM POST

O TJAL (Tribunal de Justiça de Alagoas) decidiu barrar o show do cantor Wesley Safadão que deveria acontecer no dia 12 de junho no município de Viçosa. Segundo a liminar requerida pelo Ministério Público do estado, o cantor receberia R$ 600 mil pela participação no evento junino. O valor seria incompatível com a atual situação do estado.

Continua depois da Publicidade

“A apresentação do artista Wesley Safadão, de apenas uma hora, retira dos cofres públicos quantia que seria suficiente para pagar um mês de trabalho de aproximadamente 160 professores da educação básica ou 200 enfermeiros”, informa o documento.

A juíza responsável pela decisão, Juliana Batistela Guimarães de Alencar, mencionou ainda o estado de “calamidade” que Alagoas enfrenta em consequência das fortes chuvas, “fazendo contraponto com a programação de atrações musicais de valor vultoso [muito alto] para as festas juninas”.

A magistrada ainda fixou os valores que o estado e o municípios podem gastar com as contratações para o evento de São João de Viçosa. Se os artistas forem contratados no âmbito estadual, o valor máximo a ser pago é de R$ 50 mil. Já se forem contratados pela cidade, o limite é de R$ 20 mil.

Continua depois da Publicidade

Por fim, ela determinou que Viçosa não poderá gastar mais do que R$ 100 mil com os festejos, enquanto o estado de Alagoas não poderá despender mais de R$ 500 mil.